Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Grêmio usa estratégia adotada com Kannemann e retoma contato com Fernandez

Loading...

ESPORTES

Grêmio usa estratégia adotada com Kannemann e retoma contato com Fernandez

MARINHO SALDANHA

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Um recuo público para pressionar os agentes a diminuírem suas pedidas. Esta estratégia adotada pelo Grêmio com o argentino Walter Kannemann está sendo repetida com Gabriel Fernandez. Depois de ver a negociação perto do fim, o tricolor retomou o ataque para contratar o centroavante uruguaio.

O jogador de 22 anos custa US$ 2 milhões (R$ 6,5 milhões). O clube gaúcho está de acordo em pagar este valor e ainda deixar 30% dos direitos econômicos do atleta com o Racing-URU, onde ele atua hoje em dia. Mas ficou preocupado com a intervenção de muitos representantes no negócio.

A necessidade de pagar luvas e comissões em várias pontas do negócio afastou o tricolor. Exatamente o mesmo ocorrido na contratação de Kannemann, quando os pedidos do empresário do jogador geraram reação idêntica. O Grêmio se afastou do jogador e retomou negociações depois.

Foi o que houve nesta quarta-feira, quando uma nova investida retomou a intenção de contar com ele. A ideia é pressionar publicamente para que o acordo seja fechado nos moldes imaginados no início dos contatos, ou seja, sem intervenção de terceiros.

E não foi só o recuo. Ao mesmo tempo que disse ver a negociação perto de um fim, o Grêmio ainda avisou que tem outros três atletas na mira no mercado sul-americano. A expectativa é que tal discurso surta o efeito desejado e acabe facilitando o acordo.

Gabriel Fernandez é goleador do Campeonato Uruguaio e além do Grêmio provoca desejo de clubes do Japão, do México e do Nacional-URU.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias