Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Na mira de Cruzeiro e Corinthians, Jadson fica mais perto de deixar a China

Loading...

ESPORTES

Na mira de Cruzeiro e Corinthians, Jadson fica mais perto de deixar a China

DASSLER MARQUES

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Noticiado pela SKY Sports, o negócio que leva o belga Axel Witsel à China reforça a provável partida de Jadson do Tianjin Quanjian-CHN.

O meia brasileiro de 33 anos deverá seguir o caminho do atacante Luís Fabiano, que espera apenas rescisão para oficializar sua saída. Cruzeiro e Corinthians são dois clubes interessados em Jadson. A despeito da saída provável, a situação dele, porém, não é tão simples.

Entre os clubes mais ricos da China na atualidade, o Quanjian procura jogadores do futebol europeu após conseguir o acesso à primeira divisão sob o comando do treinador italiano Fabio Cannavaro. Antecessor dele, Vanderlei Luxemburgo planejou a temporada 2016 com brasileiros na cota de estrangeiros: Luís Fabiano, Geuvânio, que deverá permanecer, e Jadson, que possivelmente não permanece para a próxima edição da Superliga Chinesa.

O meia que foi grande nome do Brasileirão de 2015, porém, ainda tem contrato válido por uma temporada. Como precisa liberar vagas de estrangeiros (quatro são permitidos por clube na China), o Tianjin Quanjian deverá propor um acordo a Jadson para antecipar sua rescisão. Caso essa expectativa se confirme, ele ficaria livre para assinar com uma nova equipe. Fontes ligadas ao Quanjian asseguraram à reportagem que a saída dele já foi definida pelo clube, mas ainda não é oficial.

Esse processo de negociação e rescisão, porém, pode demorar. A janela de transferências na China permanece aberta até o fim de fevereiro, quando tem início a nova temporada no país. Em meio a isso, o Quanjian procura atletas de renome na Europa -o interesse da equipe em comprar Diego Costa, do Chelsea, foi revelado pelo Marca no fim de semana.

A saída da China, porém, não será forçada. Jadson está bem adaptado à vida em Tianjin e não vê problemas em cumprir seu contrato com a camisa do Quanjian. Os salários dele por lá são aproximadamente cinco vezes maiores que nos tempos de Corinthians. Ele foi um dos destaques na campanha do acesso à primeira divisão, sobretudo com assistências. A volta ao futebol brasileiro, entretanto, é também vista com bons olhos pelo meia.

No Brasil, o clube mais comentado como possível destino de Jadson é o Cruzeiro, que busca jogadores de alto nível para mudar o patamar da equipe dirigida por Mano Menezes em 2016. Responsável pela ida do jogador ao Corinthians, o treinador é justamente um dos entusiastas desse negócio -Jadson é descrito como atleta de peso.

O Corinthians também monitora a situação de Jadson, que construiu relação de afeto com clube e torcida em sua passagem nos anos de 2014 e 2015. A busca do clube no mercado por um meia cresceu diante do imbróglio que envolve Wagner, reforço que tem acordo verbal com os corintianos, mas com dificuldade em se desvincilhar da China.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias