Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Clube é informado de novo assédio chinês por Rodriguinho e teme saída

Loading...

ESPORTES

Clube é informado de novo assédio chinês por Rodriguinho e teme saída

DASSLER MARQUES

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A possibilidade de saída de Rodriguinho para a China foi informada ao Corinthians na última semana. Com somente um ano de contrato em vigor, o meia tem boas chances de saída, e o país que levou Renato Augusto, Ralf e Gil é o favorito para mais uma transferência.

A mudança para a China é um desejo de Rodriguinho desde que se tornou um dos destaques do Corinthians em 2016. Empresários com trânsito nos clubes chineses foram contatados pelos representantes do meia para que tentassem abrir mercado para ele na Ásia, o que segundo o estafe do atleta foi alcançado com sucesso.

Rodriguinho, informado de possível salário para atuar na China, ficou interessado na transferência. Entretanto, os valores apresentados ao Corinthians para topar uma negociação foram considerados baixos. O clube, além disso, possui apenas 50% dos direitos econômicos do meia. A outra metade pertence a investidores ligados ao Capivariano.

Até a próxima quarta-feira, os empresários de Rodriguinho devem novamente se sentar com o gerente corintiano Alessandro. A intenção apresentada pelo Corinthians ao atleta é exatamente oposta: renovar o contrato por um período maior e adquirir mais uma fatia de seus direitos econômicos. A permanência no Parque São Jorge, cabe frisar, também é uma alternativa que agrada a Rodriguinho.

Ainda assim, alguns dirigentes do Corinthians informaram a um grupo pequeno de conselheiros que, se os valores da China subirem, não será possível competir para manter o meio-campista.

Adquirido em 2013 por R$ 4 milhões, Rodriguinho não conseguiu destaque em suas duas primeiras temporadas no Corinthians e foi emprestado duas vezes no período. De volta em 2015, foi reserva importante na conquista do Brasileirão e se tornou titular com o desmanche do início do ano. Bastante regular, foi o principal jogador corintiano na Série A. Com 10 gols, também foi o vice-artilheiro do time na temporada.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias