Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Começa amanhã a principal competição de base do país

Loading...

ESPORTES

Começa amanhã a principal competição de base do país

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A partir desta segunda-feira (2) os atletas juniores disputam a competição de categorias de base mais conceituada do Brasil, a Copa São Paulo de Futebol Júnior. O UOL Esporte fez um levantamento junto aos 12 principais times do país para saber quais são os atletas candidatos a estrela num futuro próximo.

Abaixo está a relação dos aspirantes a ídolos das maiores torcidas do Brasil. A competição vai de 2 até 25 de janeiro, com final prevista para o dia do aniversário da cidade. Repetindo outra tradição, a decisão será disputada no Pacaembu.

Atlético-MG

Renan – volante

Capitão do time sub-17 que conquistou o Campeonato Mineiro da Categoria, Renan é um volante que joga com a cabeça erguida. Jogador de bom passe e que chega com força e qualidade ao ataque.

Alerrandro – atacante

Artilheiro nato e que já chama a atenção de quem acompanha os jogos da categoria de base. Fez muitos gols em todas as categorias anteriores, mas sofreu um pouco mais no primeiro ano de juvenil, principalmente na parte física. Recuperado de contusão, o atacante vai disputar a Copinha logo no segundo ano de juvenil.

Botafogo

Jordan - Atacante de lado de campo que tem sido utilizado também como falso 9 em determinados jogos. Com a subida de alguns jovens para o profissional, assumiu posição de destaque.

Alisson – Meia, é o camisa 10 do time. Tem bom passe, qualidade técnica, mas não é muito de marcar. Chega bem à frente e é o homem das bolas paradas.

Corinthians

Fabrício Oya – meia

Com 17 anos, está entre as maiores promessas do clube e chamou a atenção de equipes da Europa em outros momentos, como do Liverpool. Já treinou várias vezes entre os adultos, inclusive nos tempos de Tite. É considerado um jogador muito inteligente e com capacidade técnica acima da média.

Pedrinho – meia

Um ano mais velho que Fabrício, Pedrinho tem crescido bastante nos últimos meses devido a sua evolução física. Na base do Corinthians, sempre foi visto como um dos jogadores mais técnicos e habilidosos. Reserva na edição passada, foi decisivo na vitória sobre o Cruzeiro pela semifinal, em Itaquera.

Cruzeiro

Rick Sena - atacante

Foi o artilheiro do Cruzeiro na Copinha de 2016 e esteve cotado para subir para o elenco profissional. Teve o contrato renovado até o final de 2018 e por ser novo demais, tem 19 anos agora, a diretoria de futebol entendeu que seria melhor deixar o atacante mais um ano na base até que ele aproveitado na equipe profissional. Rick tem ótima finalização e se movimenta muito bem em todos os setores do ataque.

Vitinho – lateral esquerdo

Um lateral que mostra muita categoria para chegar ao ataque. Vitinho é apontado como uma das principais revelações da equipe sub-20 que tem a hegemonia em Minas Gerais nos últimos anos. Como os jogadores da posição na equipe principal oscilam demais, não vai ser surpresa ver o Vitinho entre os profissionais após a Copa São Paulo.

Flamengo

Kleber – lateral direito

Reprodução site Flamengo

O lateral direito é uma das principais esperanças da base do Flamengo. A semelhança física com o volante Toró é alvo de brincadeiras da torcida. O "Torózinho" do Ninho do Urubu é um destaque e tenta subir mais um degrau na escalada rumo ao futebol profissional do Rubro-negro. O potencial do jogador chama a atenção desde o ano passado.

Patrick – meio-campista

O meia é uma espécie de talismã da base rubro-negra. Desde 2007 no clube, ele começou no futsal e passou pelas seleções de base. Ganhou destaque sob o comando de Zé Ricardo, hoje técnico do profissional, e se inspira nos ex-companheiros Felipe Vizeu e Léo Duarte para chegar o quanto antes ao elenco principal.

Fluminense

Paulinho – meia

Chegou no Fluminense aos oito anos para o futsal. Camisa 10, é a cabeça pensante do time. Rápido, chega no ataque, e é da mesma geração de Gérson, hoje na Roma, e Kennedy, atualmente no Chelsea.

Mascarenhas - lateral esquerdo

Foi descoberto no campeonato de escolinhas do Fluminense. Tem passagens pela seleção brasileira sub-20 e completou o time nos treinamentos da seleção olímpica deste ano.

Grêmio

Pepê - atacante

Natural de Foz do Iguaçu-PR, Pepê fez o Grêmio abrir mão de sua lógica de contratações. Acostumado a pegar jogadores por empréstimo para 'teste' na base, a confiança nele era tão grande que o clube o comprou direto, sem prova, do Foz, em abril deste ano. Com 19 anos, o atacante também já passou pelo Coritiba, pelo Atlético-PR e é um dos principais nomes da base gremista e tem vínculo até 2019.

Jean Pyerre – meio-campista

Natural de Alvorada (RS), Jean Pyerre surgiu junto com Lincoln (hoje no time principal e pretendido pelo Santos) nas categorias de base do Grêmio. Logo se destacou e ganhou repetidas convocações para seleção brasileira de base. Disputou, inclusive, o Sul-Americano Sub-17 no ano passado. É meia, destro, tem 18 anos e atua com o time Sub-20 do Grêmio eventualmente. Já participou de treinos no principal e tem vínculo até agosto do ano que vem.

Inter

Valdemir - atacante

Reprodução site Inter

Contratado junto ao Goiás em definitivo neste ano (antes estava no Inter por empréstimo em negociação que levou o atacante Cassiano ao clube goiano), Valdemir, de 19 anos, é o principal destaque do time do Inter na Copa São Paulo. Capitão do time campeão da Copa FGF Sub-19 e vice campeão do Gauchão Sub-20. É natural de Tailândia-PR e tem contrato até 2019.

Bruno José – lateral direito

Com 18 anos, Bruno José é a surpresa desta temporada no Inter. Meia de origem, o jogador tem se destacado atuando como lateral direito. Teve toda sua formação no Internacional e já disputou torneios com o time B do Internacional. Foi importante nas conquistas da Copa José Luiz Barreto e Super Copa Gaúcha pelo time Sub-20. Fez dois gols na final da Super Copa Gaúcha contra o Ypiranga. Marcou quatro gols nos dois jogos da final da Copa FGF Sub-19. Tem contrato até 2018.

Palmeiras

Kauê – atacante

Em sua última edição de Copa São Paulo, terá a oportunidade de ouro para chamar a atenção dos profissionais. Ex-lateral esquerdo e amigo de Gabriel Jesus, virou ponta direita com uma canhota que chama a atenção nos dribles e chutes. Perdeu espaço internamente para Artur, outro atacante que estará no Sul-Americano sub-20 com a seleção brasileira.

Augusto – zagueiro

Apesar de treinar entre os profissionais há bastante tempo, Augusto não deve oportunidades devido ao numeroso elenco adulto do Palmeiras. Aposta da base há muitos anos, terá na Copinha a chance de mostrar seu valor mais uma vez. Zagueiro muito rápido, alto e com boa saída de bola, compõe uma retaguarda experiente para os padrões da base com o goleiro Daniel Fuzato, outro destaque.

Santos

Nicolas

O atacante de 17 anos faz parte de uma lista feita anualmente pelo jornal inglês "The Guardian", que escolheu os 60 jovens mais promissores do futebol mundial. O jogador chegou ao Santos por intermédio do atacante Robinho, ídolo do clube e hoje no Atlético-MG. Considerado a "bola da vez" das revelações santistas, Nicolas já possui contrato profissional e multa rescisória de 50 milhões de euros. No entanto, o técnico Marcos Soares está preocupado com o condicionamento físico do atleta e ainda não confirmou a presença da "joia santista" na Copa São Paulo. Ele treina entre os 30 jogadores relacionados para a pré-temporada da Copinha, mas não está confirmado na lista final dos 25 inscritos.

Léo Souza

Segundo o técnico Marcos Soares, o atacante Léo Souza pode ser o principal destaque do time santista na Copa São Paulo. Ele marcou 29 gols em 33 jogos pela equipe sub-20 do alvinegro praiano neste ano. Com características diferentes de Ricardo Oliveira, o jovem santista é mais lento, mas tem "faro de gol". Teve passagens pela base do Corinthians e chegou ao Santos em fevereiro deste ano.

São Paulo Éder Militão - zagueiro

O defensor de 18 anos é considerado uma das principais apostas do CT de Cotia. Além de jogar como zagueiro, também pode ser utilizado no meio de campo, como volante. É elogiado pela saída de bola rápida e eficiente. Foi titular da seleção brasileira sub-17 e integrou o elenco profissional do São Paulo a pedido do técnico argentino Edgardo Bauza.

Caíque - lateral esquerdo/atacante

Aos 18 anos, é mais um dos jogadores versáteis do técnico André Jardine. Atua tanto como lateral esquerdo, quanto ponta, no ataque, com a mesma qualidade. Consegue aliar técnica e velocidade na condução da bola. Com essas qualidades, foi destaque nas seleções de base e pode ser, futuramente, aproveitado pelo treinador Rogério Ceni no profissional.

Vasco

Hugo Borges - atacante

Foi o artilheiro das categorias de base do Vasco em 2016. Apesar da baixa estatura, tem bom posicionamento e pode ser aproveitado por Cristóvão Borges no profissional em 2017.

Paulo Victor - atacante

Apesar de ser sub-17, já atuou nos juniores. Foi pivô de um imbróglio na Justiça, quando deixou o Fluminense para retornar ao Vasco. Também tem baixa estatura, joga pelos lados do campo e se destaca pela velocidade.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias