Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Presidente do Flamengo rebate ataques de cartolas de Palmeiras e Flu

Loading...

ESPORTES

Presidente do Flamengo rebate ataques de cartolas de Palmeiras e Flu

- Atualizado em 14/10/2016 19:05

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello rebateu as declarações dos mandatários de Palmeiras e Fluminense nesta sexta (14). Além de negar influência externa na decisão da arbitragem ao anular o segundo gol tricolor no clássico carioca, o cartola rubro-negro listou uma série de oportunidades em que seu clube teria sido prejudicado no Campeonato Brasileiro e deixou um recado aos presidentes rivais. “Estou achando muito estranho tudo isso. Primeiro, não sei o que ele [Paulo Nobre] tem a ver com a partida [entre Flamengo e Fluminense] de ontem. O que mancha a credibilidade do campeonato é a expulsão do Márcio Araújo contra o Palmeiras, encharcar a pequena área para atrapalhar nosso goleiro. Isso é escandaloso”, acusou Bandeira de Mello em entrevista à ESPN Brasil. “Não gostaria que o Flamengo fosse prejudicado de maneira absurda contra o São Paulo no primeiro turno, na partida contra o Palmeiras, no último jogo contra o Santos, contra o Corinthians, quando massacraram nosso jogador e nem falta marcaram. Gostaria muito que eles [presidentes rivais] tivessem vergonha na cara. Gostaria muito que as pessoas fossem mais explícitas na hora de acusar alguma coisa. Quem é que não tem vergonha na cara?”, atacou.

Sobre uma possível ajuda externa ao trio de arbitragem do Fla-Flu, Bandeira de Mello negou. “Teve ajuda interna, do bandeirinha, tido como um dos melhores do futebol brasileiro. A ajuda que ele [árbitro] teve foi essa, não pode ter tido ajuda melhor. Se aconteceu alguma coisa depois, se o quarto árbitro participou também, eu não posso dizer. Vi muito bem que após a falta, quatro jogadores estavam impedidos, um deles cabeceou para o gol e, antes dea bola entrar, o bandeirinha já tinha assinalado”, disse. “Minha opinião eu já dei. Houve um lance claro de impedimento, o bandeirinha deu na hora. Depois, por alguma razão, o juiz foi contra a opinião do bandeira, mas, depois de algum tempo, voltou atrás e acertou no lance. Não consigo entender tanta confusão em cima disso aí”, completou o mandatário rubro-negro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 05/12

YOSHIMATSU NIKI, 99 anos

SULINA ANTONIA DA SILVA, 82 anos

JOSE BECEL, 80 anos

APUCARANA 04/12

ONOFRE CIUFFI, 78 anos
TEREZINHA ARAUJO SOARES, 69 anos
ANGELINA MENEO PALUSSIO, 91 anos 
DIONISIO REMES, 60 anos
NATIMORTO, 0 anos
LINDOLFO HEINZ, 72 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41