Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Equipe faz 1º treino em novo CT, na Barra da Tijuca

Loading...

ESPORTES

Equipe faz 1º treino em novo CT, na Barra da Tijuca

BERNARDO GENTILE

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O sonho do Fluminense de contar com um centro de treinamento de ponta saiu do papel em junho de 2015, quando, liderado pelo vice-presidente de projetos especiais e empresário Pedro Antônio, o clube deu início às obras no castigado terreno da Barra da Tijuca. Agora, após 18 meses e muita ansiedade, o clube passará a usar o local, ainda que indeterminadamente. A mudança definitiva deverá ocorrer apenas em 2017.

A estimativa do custo da obra é de R$ 45 milhões. Parte da cota de televisão foi utilizada para pagar Pedro Antônio, que investiu dinheiro do próprio bolso e será pago sem juros e em várias parcelas -só da Globo o Fluminense recebeu R$ 60 milhões em 2016. A TV, porém, não foi a única fonte de renda do clube tricolor.

Outro reforço no caixa ocorreu com a venda de Gerson para a Roma por 16 milhões de euros (cerca de R$ 60 milhões na época). A negociação rendeu R$ 42 milhões ao Fluminense, que usou parte da quantia para pagar o novo centro de treinamento. A maior parte do valor, porém, serviu para reforçar o elenco montado para a atual temporada ­-Richarlison, por exemplo, custou R$ 10 milhões.

Por fim, mas não menos importante, o Fluminense quer utilizar os espaços do uniforme para trazer patrocinadores que repassariam o dinheiro para pagar o CT. É exatamente o que vai ocorrer com a Caixa nos próximos jogos. O investimento feito pelo banco estatal será destinado a custear as obras.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias