Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Maicon revela cobranças duras de são-paulinos em momentos de lazer

Loading...

ESPORTES

Maicon revela cobranças duras de são-paulinos em momentos de lazer

LUIS AUGUSTO SIMON

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Cara fechada, mãos crispadas, respostas curtas e uma ligeira gagueira. O capitão Maicon, que volta ao time do São Paulo contra o Sport nesta quarta-feira (5), era a cara da tensão e do nervosismo na entrevista coletiva desta terça-feira (4).

O motivo é o mau posicionamento do São Paulo na competição -14ª colocação, quatro pontos à frente da zona do rebaixamento-, mas também cobranças de torcedores. "Já passei por duas situações constrangedoras com cobranças em dia de lazer. Estava com minha mulher e meu filho e não quero que isso continue. Até por isso, o time precisa melhorar bastante".

Depois de falar sobre o questionamento, não quis se estender mais. "Foram palavras duras e eu estava com minha mulher. Mas estou acostumado e não me abato".

Maicon, como todo torcedor do São Paulo, não tem uma noção do que fazer para o time melhorar. A primeira medida é a mesma que ele repetiu em pelo menos três entrevistas anteriores: "temos que lutar muito para sair dessa situação". Exatamente o que Kelvin disse no dia anterior.

Ele prega luta e união, mas avança pouco no modo como isso pode trazer vitórias. Na hora de definir o que fazer, sua alternativa foi simples. "Tem de fazer gol, se não fizer gol não vence. A gente tem chance, mas o gol não está saindo".

Em seguida, rapidamente, tratou de não culpar os atacantes pelo jejum. "Lateral, volante e zagueiro também podem fazer gols. Nós precisamos fazer".

Ele já viu melhora no empate contra o Flamengo e acha que é possível vencer o Sport nesta quarta, às 21h45 (de Brasília), no Recife. "Sofremos muito no Morumbi em jogos passados, mas conseguimos encarar de igual para igual o vice-líder do campeonato. Agora uma vitória vai deixar a gente quatro pontos (na verdade, cinco) na frente do Sport. Temos qualidade para isso e precisamos mostrar como se faz".

Maicon aproveitou para pedir atenção com o atacante Rogério, que estava no São Paulo antes de ir para o Sport. "Todo jogador que sai de um time quer mostrar serviço no primeiro encontro. Ele também vai fazer isso".

Para o jogo, o São Paulo não terá Cueva, Wesley e Mena. Uma das opções é jogar no 4-2-3-1, com Hudson, Thiago Mendes, Kelvin, Jean Carlos e Michel Bastos no meio-campo e com Chavez no ataque. Carlinhos entraria na lateral esquerda. Se Carlinhos for para a meia, Michel Bastos sai e Mateus Reis vai para a zaga.

A segunda possibilidade é mais defensiva, com João Schmidt no lugar de Jean Carlos. Se Carlinhos jogar na lateral esquerda, Buffarini deve assumir a direita.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

JANDAIA DO SUL 20/02

GERALDA G. OLIVEIRA, 74 ANOS.

IVAIPORÃ 20/02

MARIA F. A. SANTOS, 59 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1904 · 18/02/2017

12 15 18 21 51 56