Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ausência em festa agrava críticas a presidente do Corinthians

Loading...

ESPORTES

Ausência em festa agrava críticas a presidente do Corinthians

DANILO LAVIERI E RICARDO PERRONE

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em um momento de crise, Roberto de Andrade precisava estar mais presente no dia a dia do Parque São Jorge. Essa é a opinião de parte do Conselho e até de diretores do Corinthians que conversaram com a reportagem. A posição passou a ser disseminada desde a ausência do presidente na festa de aniversário do próprio clube, na última sexta-feira (30).

Em meio a um momento com o time fora até do G6 e sem um treinador efetivo, o cartola é bastante pressionado para tomar soluções que garantam a equipe na Copa Libertadores do ano que vem. Por isso, até pequenos detalhes passam a jogar contra ele.

Um bom exemplo é que conselheiros criticam o fato de Roberto despachar os documentos e as decisões diretamente de sua concessionária, onde ele trabalha.

O presidente não deu entrevista, mas explicou à reportagem que não foi à festa de aniversário do clube porque sua mãe teve problemas de saúde que o fizeram passar a noite no hospital. Além disso, disse não ver problemas em fazer reuniões fora da sede do clube, desde que os problemas estejam sendo resolvidos e lembra que tem uma vida pessoal para dirigir. O ex-presidente do clube Andrés Sanchez, por exemplo, conseguiu tirar licença de sua vida privada para se dedicar exclusivamente ao clube.

Além da ausência no clube e da demora para a contratação de um treinador, Roberto é criticado por supostamente ter deixado vários departamentos do futebol abandonados, sem a devida substituição de profissionais.

Nessa linha, o presidente é criticado por não dar a atenção necessária ao projeto de 2017, especialmente por não saber quem será o comandante. Em resposta, Roberto mostra que já fechou o primeiro reforço da próxima temporada: Luidy, revelação do CRB. Para o comando, trabalha com os nomes de Eduardo Baptista e Oswaldo de Oliveira, mas prega calma na decisão.

O que deixa Roberto sem resposta até agora é a falta de um acordo pelo naming rights de sua arena. A verba que não entra com essa propriedade dificulta ainda mais a já difícil vida financeira do clube. Também no aspecto financeiro, o clube se preocupa com a falta de uma solução no novo prazo de financiamento do estádio.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1904 · 18/02/2017

12 15 18 21 51 56