Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Kelvin diz que Libertadores maior anima time a reagir no Brasileiro

Loading...

ESPORTES

Kelvin diz que Libertadores maior anima time a reagir no Brasileiro

- Atualizado em 03/10/2016 14:15

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Kelvin destacou que a mudança de regulamento da Libertadores traz uma nova perspectiva para o São Paulo neste Campeonato Brasileiro. Para o próximo ano, os seis primeiros colocados do Nacional terão acesso ao torneio continental.

A Libertadores terá 44 equipes. O São Paulo atravessa situação curiosa na competição. Ao mesmo tempo em que está próximo da zona de rebaixamento, o time do Morumbi também ficou perto da zona Libertadores, agora G-6. O São Paulo tem 35 pontos.

"Dependendo, podemos estar incluídos [na Libertadores]. É pensamento de jogo a jogo. E se no fim tivermos essa oportunidade, buscar também essa vaga na Libertadores", destacou Kelvin.

O São Paulo está quatro pontos acima do Figueirense, melhor colocado na zona de rebaixamento. Já na briga por Libertadores, a equipe paulista está sete pontos de distância do Atlético-PR, sexto colocado.

Segundo Kelvin, a notícia de que a Conmebol ampliou o número de times brasileiros na Libertadores é encarada como um estímulo para o elenco do São Paulo reagir no Brasileiro.

"É um incentivo a mais para nós jogadores e a diretoria do São Paulo. Isso pode acontecer. Mas nosso momento é de pensar o agora [risco de rebaixamento]", disse o atacante, que está emprestado ao clube apenas até o fim do ano.

EX-COMPANHEIRO

O São Paulo enfrenta o Sport, na quarta-feira (5), um daqueles jogos que valem seis pontos, e o atacante Kelvin pede marcação especial sobre um ex-companheiro.

"Ele é muito habilidoso e finaliza bem. Precisamos ter marcação especial para evitar que ele nos dê muita dor de cabeça", disse, referindo-se ao atacante Rogério.

Sim, o mesmo Rogério que deixou o clube por não se adaptar ao posicionamento exigido por Edgardo Bauza.

O São Paulo tem apenas 27 gols marcados em 28 jogos e a análise de Kelvin mostra que Rogério faz falta.

E ele aponta outro motivo para o jejum tricolor, que não marca há três jogos no Brasileiro. "Uma coisa que atrapalhou foi a troca de jogadores. Nosso ataque perdeu o Rogério, Kieza, Kardec, Centurión e o Calleri. É muita gente. Vieram Chavez, Gilberto e o Robson. É uma mudança muito grande".

Kelvin tem 37 jogos no ano. E três gols marcados. Ele reconhece que é pouco. "Os números mostram isso. Podia ter feito mais gols, mas eu tento ajudar de outro jeito, com assistências e participando bastante das jogadas".

A situação é difícil e pode afetar a permanência de Kelvin no São Paulo. "É até difícil falar em planejamento, o jeito é pensar jogo a jogo. Não sei o que vai acontecer, não sei se vou ficar. Não fui procurado por ninguém e também não recebi nenhuma mensagem do Porto. Mas nem penso nisso, estou é lutando pelo clube".

No treino desta segunda, Pedro e Gabriel (vindo do Guarani), dois artilheiros do sub-20, participaram das atividades. Não devem, porém, participar da delegação que irá a Recife. São novos e Ricardo Gomes decidiu que só lançará jovens quando a situação melhorar.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41