Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

2- Galvão diz que vai à Justiça após ameaças de fiscais a Cacá Bueno

Loading...

ESPORTES

2- Galvão diz que vai à Justiça após ameaças de fiscais a Cacá Bueno

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O narrador e apresentador da Rede Globo Galvão Bueno disse que vai à Justiça após a publicação de reportagem da Folha de S.Paulo que revelou uma troca de mensagens entre comissários da Stock Car.
Nelas, os fiscais de prova ameaçam prejudicar Cacá Bueno, filho de Galvão e um dos principais pilotos da categoria.
"Eu disse no ano passado no #bemamigos [programa do SporTV] que um dia a caixa preta da CBA seria aberta!! Foi!! Agora é vassoura grande e vai varrendo!! Um inquérito terá que ser aberto e os culpados eliminados do esporte!! Essa é a posição do jornalista!! O pai vai aos tribunais!!", escreveu o apresentador.
A CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) informou nesta segunda-feira (29) que afastou os oficiais citados na reportagem. De acordo com o comunicado, a entidade abrirá inquérito administrativo para apurar supostas irregularidades. Além disso, encaminhará a reportagem para a Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) do automobilismo, "ante a gravidade do narrado".
Nas conversas, os comissários fazem ameaças e piadas.
"Vamos desclassificar ele por alguma coisa na próxima etapa...", escreveu o auxiliar de comissário Paulo Ygor Dias em 7 de abril de 2015, referindo-se ao piloto Cacá Bueno.
Dois dias antes, na corrida em Ribeirão Preto (SP), o piloto havia chamado os "caras da CBA" (Confederação Brasileira de Automobilismo) de "bando de imbecis", em conversa com a equipe que acabou vazando, depois que a bandeirada não foi dada por erro de uma comissária.
A ameaça não se concretizou na corrida seguinte. O piloto foi suspenso por uma etapa e multado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBA, perdendo a liderança do campeonato.
Pouco depois, na mesma conversa, o veterano comissário Clóvis Matsumoto, hoje fora da Stock Car, vangloria-se de ter impedido o mesmo Bueno de ser campeão.
"Bom, na minha época o Cacá foi 3 vezes vice pq eu não estava a fim de deixar ele ser campeão! Kkk", escreveu.
Ygor confirma: "Eu presenciei essa época do matsu... E tbm não faz muito que ele não foi campeão por uns pontinhos que tiramos dele...". Seguiram-se vários "kkk".
A postagem do apresentador foi uma resposta à mensagem publicada pelo próprio Cacá Bueno na rede social.
"Bom, a semana da abertura do campeonato infelizmente ou felizmente começa assim, algo que todo mundo sabia mas nunca tivemos provas. Os comissários fazem 2 pesos e 2 medidas e jogam um jogo de cartas marcadas. São moleques no mínimo, eles mesmo admitem. E dentro da CBA tem gente sem o menor senso do ridículo, eles confessaram ta ai pra todo mundo ler mas tem gente graúda que segue defendendo a postura deles. Ficaram perguntas no ar, foi da cabeça deles?? Teve envolvimento da CBA ou de promotores? São só muleques ou algo mais? Quem investiga é quem fez a irregularidade?? Eu estava errado no que falei no Rádio ano passado? Infelizmente o prejuízo a minha imagem, desportivo e financeiro é incalculável. Acho que é a ponta do iceberg e que seja uma oportunidade de limpar o nosso esporte."
OUTRO LADO
Tanto comissários como a CBA afirmaram que não é possível que os comissários técnicos influam deliberadamente no resultado das corridas.
O engenheiro Clóvis Matsumoto disse que a conversa foi feita em tom de brincadeira. Foi uma "molecagem".
Ele afirmou que hoje a Stock Car é muito profissional, que os regulamentos evoluíram e que "não tem pegação no pé, não dá para inventar punições", uma vez que as questões são técnicas.
Informou que atua na função desde 2002 e que nunca viu "nenhum comissário punir piloto por implicância".
Paulo Ygor Dias, auxiliar de comissário na Stock Car, também disse que a conversa tinha "tom de brincadeira". Para ele, o trabalho dos comissários é baseado em regulamentos técnicos e é acompanhado pelas equipes.
Afirmou ainda que Cacá Bueno já teve problemas "com itens em desacordo com regulamentos" em outras categorias. Disse que alguns pilotos ficam questionando todo o tempo, inclusive sobre outros carros. "Assim como ele [Cacá Bueno] xingou a gente [de imbecis], eu posso achar que ele é chato."

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57