Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Parte de teto cai na entrada principal da Arena Corinthians

Loading...

ESPORTES

Parte de teto cai na entrada principal da Arena Corinthians

CAMILA MATTOSO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um pedaço do teto de um dos andares do setor oeste da Arena Corinthians desabou na última quinta-feira (18).
A área danificada, segundo apuração da reportagem, é de pelo menos 50 metros quadrados, no saguão principal da entrada de torcedores.
O material que cedeu foi de gesso e madeira, pesando no mínimo cerca de meia tonelada.
Ninguém estava no local no momento do acidente. O estádio vai receber jogos de futebol feminino e masculino durante a Olimpíada, daqui a 164 dias.
No mesmo dia, a Odebrecht, construtora do estádio, acionou uma empresa para que fosse ao local fazer os reparos.
De acordo com informações passadas por esta empresa para a reportagem, a parte que desabou terá de ser reconstruída. Há homens no local trabalhando.
Ao menos cinco empresas passaram pela arena para fazer este serviço durante a construção. A Folha de S.Paulo ouviu duas delas, que negaram responsabilidade sobre o acidente da semana passada.
Em contato com a reportagem, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil informaram que não foram acionados até o momento.
A arena foi entregue no ano passado pela Odebrecht ao Corinthians, para a abertura da Copa do Mundo. O custo foi de mais de R$ 1,2 bilhão.
Mesmo tendo dado as chaves para a o clube, a construtora nunca terminou de fato a obra, deixando uma série de itens sem finalização.
No fim do ano passado, prometeu terminar. A diretoria do Parque São Jorge, afirmou que contrataria uma auditoria para saber se houve de fato prejuízo em relação a não realização de todo o projeto e disse que poderia pedir parte do dinheiro de volta, caso o resultado fosse positivo.
O responsável pelo contrato da construção do estádio, Benedicto Júnior, está preso de forma preventiva, por determinação da Justiça nesta segunda-feira, em nova fase da operação Lava Jato, em investigações que nada tem a ver com a obra.
PREOCUPAÇÃO
A preocupação agora, ainda segundo informações apuradas com a empresa que faz o reparo neste momento é tentar identificar a causa e a consequência do ocorrido.
Não há ainda nenhuma conclusão sobre o que provocou a queda do teto.
Nas últimas semanas, o "Blog do Perrone", no UOL, empresa do Grupo Folha, que edita a Folha de S.Paulo, publicou que há infiltrações no estádio, afetando dez lanchonetes. O blog também revelou que as chuvas abriram uma série de buracos no terreno da arena Corinthians.
Durante a realização das obras, dois acidentes interromperam o andamento da construção. Um foi a queda do guindaste, em 2013, que matou dois operários, e o outro foi em 2014, em uma das arquibancadas móveis utilizadas na Copa, que matou outro funcionário. Para efeito de comparação, a queda do guindaste teve 420 toneladas.
OUTRO LADO
Procurada pela reportagem, a Odebrecht informou que "uma pequena parte do forro de gesso e madeira, com 9m x 3,5m, desprendeu-se da laje de concreto na última quinta-feira, dia 18/02, no lado oeste, nível 5, na Arena Corinthians".
Disse também que "o incidente, o material caiu no piso e já foi retirado do local. O reparo está em andamento e será concluído em até 15 dias. Por precaução, empresa que realiza os reparos - a mesma que fez o serviço inicial de instalação do forro - está reforçando a nova estrutura que suportará o forro".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO ·