Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Em tarde de protestos, São Paulo vence o Rio Claro na volta de Lugano

Loading...

ESPORTES

Em tarde de protestos, São Paulo vence o Rio Claro na volta de Lugano

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após a torcida protestar do lado de fora do Pacaembu, o São Paulo venceu o Rio Claro por 1 a 0, neste domingo (21), pela 5ª rodada do Campeonato Paulista.
O duelo marcou a estreia do zagueiro Lugano. Ídolo são-paulino, o jogador foi ovacionado pelos 7 mil torcedores presentes no estádio e fez uma partida segura. Mesmo quando levou cartão amarelo, o uruguaio teve seu nome gritado.
O resultado deixa o clube da capital em terceiro lugar no Grupo C, com 8 pontos ganhos. Já o Rio Claro segue na lanterna da chave D, com quatro pontos.
O São Paulo volta ao Pacaembu na próxima quarta-feira (24), onde recebe o Novorizontino às 19h30. No mesmo dia, o Rio Claro visita o Oeste, em Itápolis.
O JOGO
Precisando da vitória para amenizar a crise no clube, o São Paulo começou o jogo partindo para o ataque. No entanto, sem organização na parte ofensiva, as chances foram mínimas.
A primeira oportunidade clara de gol veio aos 8 min. Na cobrança de escanteio, o goleiro Lucas, do Rio Claro, saiu mal e Centurión ficou livre para cabecear e colocar a equipe tricolor na frente, porém o atacante se atrapalhou e a bola bateu no seu ombro indo para linha de fundo.
Após esse ataque, o time da capital paulista viria atacar com efetividade apenas aos 25 min, quando Mena recebeu passe de Hudson e chutou forte para a defesa do goleiro. No rebote, Centurión não conseguiu aproveitar.
Depois de ter controlado as ações ofensivas do São Paulo, foi a vez do Rio Claro tentar abrir o marcador. Em resposta ao chute de Mena, o time do interior quase saiu na frente com chute de fora da área de Romarinho.
Sem conseguir criar com o toque de bola, a equipe tricolor abusou das bolas aéreas e foi para o vestiário sem jogar bem, o que desagradou o torcedor.
O início do segundo tempo, no entanto, mostrou que as coisas seriam diferentes. Aos 3 min, a primeira chance dos donos da casa. Carlinhos chegou pela esquerda e obrigou Lucas a realizar a defesa. O time de Rio Claro logo respondeu no contra-ataque com chute de longe de Jean Patrick.
O São Paulo, diferente da etapa inicial, não deixou com que os visitantes gostassem do jogo. Aos 5 min, Carlinhos cobrou falta na direita na cabeça de Rodrigo Caio, que aproveitou o cruzamento e abriu o marcador.
Após o gol, os são-paulinos cadenciaram a partida e passaram a tocar a bola afim de administrar o placar. Bauza então tirou Centurión e colocou Wesley em campo.
Na primeira chance do meia, quase gol. Aos 27 min, Wesley recebeu passe de Ganso e chutou para a defesa do goleiro do Rio Claro.
Já nos acréscimos, quase que os visitantes levam um empate para o interior.

SÃO PAULO
Denis; Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Carlinhos (João Schmidt), Ganso (Rogério) e Centurión (Wesley); Calleri. T.: Edgardo Bauza
RIO CLARO
Lucas Frigeri; Luis Felipe, Alex Silva, João Gabriel e Felipe Saturnino; Maurício, Jean Patrick (Elsinho), Léo Costa (Fabricio) e Thiago Cristian (Joãozinho); Lucas Xavier e Romarinho. T.: Sergio Guedes
Gol: Rodrigo Caio, aos 6 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Lugano (S); Léo Costa, Mauricio e Thiago Cristian (R)
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho
Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

IVAIPORÃ 23/02

MARIA JOSÉ PEREIRA, 90 ANOS
MARTA MARIA DA SILVA OLIVEIRA, idade não divulgada
SEBASTIANA RECHE RIBEIRO, 87 ANOS

APUCARANA 23/02

JOÃO DA ROCHA GREGORIO, 68 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1906 · 23/02/2017

06 27 33 39 40 60