Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ponte e São Bento não saem do zero em Campinas

Loading...

ESPORTES

Ponte e São Bento não saem do zero em Campinas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em jogo morno, a Ponte Preta empatou em 0 a 0 com o São Bento, em jogo disputado no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Na lanterna do Grupo B, a Ponte tentou pressionar os visitantes, mas o time não mostrava ter qualidade para abrir o placar. Na vontade, o time da casa até conseguia chegar no gol adversário, mas raramente levava perigo. As melhores jogadas do primeiro tempo se resumiram a jogadas aéreas, sempre defendidas pelo goleiro Henal, que teve boa exibição. O segundo tempo começou com o São Bento mais alerta e atrás de jogo. Assim como para a Ponte, a vontade não foi suficiente. Após a metade da segunda etapa, ambos os times pareciam assumir a falta de qualidade coletiva e os jogadores passaram -sem sucesso- a tentar resolver sozinhos. A melhor oportunidade veio aos 46 min, quando Wellington Paulista bateu no travessão. Com o resultado, a Ponte segue sem vencer na competição. Já o São Bento termina a rodada na liderança do Grupo A.

Red Bull sofre virada, e XV de Piracicaba chega à primeira vitória
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Jogando em casa, no estádio Barão de Serra Negra, o XV de Piracicaba começou perdendo mas conseguiu virar o placar e vencer o Red Bull por 2 a 1 neste sábado (20). Ainda sem vencer no Paulistão, o time da casa parecia nervoso no começo da partida, e não era capaz de tocar a bola com qualidade. Do outro lado, o Red Bull sofria para superar a marcação do meio-campo do time de Piracicaba. Somente aos 35 min o Red Bull conseguiu chegar ao gol adversário, e aproveitou para abrir o placar. Roger -artilheiro do Paulistão com quatro gols junto a Willian Pottker, do Linense- aproveitou falha do sistema defensivo e chutou forte de fora área para fazer 1 a 0. Mesmo perdendo, o XV voltou ao segundo tempo afim de jogo. Aos 19 min, Henrique Santos completou cruzamento de carrinho e empatou o jogo. Quatro minutos depois, o atacante Fabinho acertou bela cobrança de falta e virou o placar para o time da casa. Sem querer dar chance para o azar, o XV seguiu atacando e quase ampliou em duas oportunidades. Ainda deu tempo para o juiz anular um gol do Red Bull, com Roger impedido.

Em jogo de belos gols, Linense e São Bernardo ficam no 1 a 1
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Donos de boas campanhas no Campeonato Paulista, Linense e São Bernardo empataram em 1 a 1 neste sábado (20), em jogo disputado no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo. O jogo começou truncado, com os times jogando com cautela, sem avançar com força ao ataque. Perto dos 30 min de jogo, o São Bernardo começou a chegar à meta adversária, mas sofreu com a má pontaria de seus atacantes. Aos 42 min, foi a vez do Linense. Willian Pottker -artilheiro do Paulistão com quatro gols, junto com Roger, do Red Bull- aproveitou a saída equivocada do goleiro para bater por cima e marcar por cobertura. Com a vantagem, o Linense voltou para o segundo tempo com a proposta de segurar o resultado, mas o adversário não concordou. Após o treinador deixar o time mais ofensivo, o meia Marino bateu forte de fora da área e marcou o segundo golaço da partida. O time da casa casa ainda buscou a virada, mas a partida terminou em 1 a 1.

Mogi vence Capivariano e chega à segunda vitória seguida
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Vice-líder do Grupo D, o Mogi Mirim venceu o Capivariano -dono da pior campanha do Paulistão- por 2 a 1 neste sábado (20). A partida foi realizada na Arena Capivari. O time de Mogi não se intimidou por jogar fora de casa e começou o jogo com ímpeto e velocidade. Aos 2 min, os visitantes já haviam chegado ao ataque mais de uma vez, e não perdoaram na terceira tentativa. Após cruzamento de Bruno Teles, Roni só precisou empurrar a bola pro gol, abrindo o placar. O Capivariano não desanimou e conseguiu levar perigo ao gol adversário, mas o Mogi era superior e não deixava o time da casa empatar o jogo. Após cozinhar a partida, o Mogi ampliou. Aos 31 min, Léo Melo aproveitou vacilo da zaga e bateu no canto do goleiro. O Capivariano ainda conseguiu diminuir aos 48 min, com a cabeçada de Leandro Silva, mas não havia mais tempo para o empate.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias