Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Em jogo de seis gols, Santos empata com Novorizontino fora de casa

Loading...

ESPORTES

Em jogo de seis gols, Santos empata com Novorizontino fora de casa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Antes da partida deste sábado (13) entre Novorizontino e Santos, pela 4ª rodada do Paulista, os técnicos Guilherme Alves e Dorival Júnior prometeram pressão sobre o adversário e futebol ofensivo.
Em campo, as equipes corresponderam às expectativas dos comandantes e a partida em Novo Horizonte acabou empatada em 3 a 3.
O primeiro lance de perigo ocorreu logo nos primeiro minutos, porém fora do campo. Um cachorro da Polícia Militar posicionado na lateral do gramado latiu para o atacante santista Gabriel, que com medo, acabou pedindo para o policial mudar de posição.
Passado o imprevisto canino, apenas aos 11 min, depois de cobrança de falta do Novorizontino, a bola bateu na zaga do Santos e por pouco não traiu o goleiro Vanderlei, que só pôde torcer para a bola sair.
Aos 19 min, Lucas Ferraz fez boa jogada pela direita e cruzou para Ricardo Oliveira. O atacante dominou sozinho na área, porém pegou mal na bola e chutou para fora.
Quando o ímpeto inicial acabou, a equipe santista passou a trocar mais passes durante as construções das jogadas, aproveitando as triangulações sempre com Lucas Lima como organizador do time.
O Novorizontino teve uma boa chance de abrir o placar aos 30 min, quando Roberto recebeu na área e bateu forte para o gol. Vanderlei fez grande defesa e mandou a bola para escanteio.
Aos 35 min, Renato cruzou na área e Thiago Maia marcou de cabeça, porém o árbitro apitou falta do zagueiro e anulou o gol.
A pressão do Santos surtiu efeito apenas aos 39 min. Ricardo Oliveira recebeu grande lançamento de Renato no lado esquerdo do ataque e rolou para Gabriel, que sozinho dentro da área, avançou até a entrada da área para marcar o seu terceiro gol no Paulista.
"O Ricardo tem essa qualidade [dar passes], além de fazer muitos gols. O passe foi perfeito e eu só tive o trabalho de marcar", disse Gabriel na saída para o intervalo.
Uma cena curiosa foi vista no intervalo do jogo. Reclamando que o volume dos alto-falantes do estádio atrapalhavam a conversa no vestiário, a equipe do Santos ficou no gramado por todo o período de descanso.
O jogo ofensivo do Novorizontino foi premiado aos 8 min do 2º tempo. Depois de bate e rebate na área, a bola sobrou livre para o meia Pereira, que bateu forte no canto do goleiro para empatar o jogo.
O Santos não se abateu e logo aos 12 min passou à frente novamente. Lucas Lima, até então com atuação discreta, driblou dois zagueiros de uma só vez e bateu no canto do goleiro Anderson, que nada pôde fazer.
O técnico Guilherme, ex-jogador de Corinthians, São Paulo e Atlético-MG, resolveu mexer no time do Novorizontino. E o efeito foi imediato e certeiro.
Fágner, que havia acabado de entrar no jogo, recebeu bom passe aos 22 min e fuzilou para empatar a partida.
A torcida do time de Novo Horizonte, que lotou o estádio conhecido como Jorjão, foi à loucura quando Lima, que também havia entrado no 2º tempo, acertou um forte chute de fora da área para virar o jogo. Um pequeno desvio na zaga foi o suficiente para a bola morrer no canto esquerdo do gol do Santos.
Com a virada, o Novorizontino se posicionou na defesa e esperou o Santos, que foi para cima em busca do empate.
Aos 39 min, Victor Ferraz recebeu na área e tocou por cima do goleiro para empatar mais uma vez o jogo.
Com o empate o Santos chegou aos oito pontos e lidera o grupo A do Paulista. O Novorizontino tem apenas três pontos no grupo B e está em quarto.

Local: estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte
Árbitro: Luiz Vanderlei Martinucho
Assistentes: Herman Brumel Vani e Fabricio Porfirio de Moura
Cartões amarelos: Lima (Novorizontino)
Gols: Gabriel, aos 41 do 1º tempo; Pereira, aos 7 do 2º tempo; Lucas Lima, aos 13 do 2º tempo; Fagner, aos 23 do 2º tempo; Lima, aos 26 do 2º tempo; Victor Ferra, aos 40 do 2º tempo

NOVORIZONTINO
Anderson; Éder Sciola, Domingues, Jéci e Paulinho; Adriano, Deda (Fagner), Raylan e Pereira; Roberto (Cléo Silva) e Wesley (Lima).
T. Guilherme Alves

SANTOS
Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Zeca; Renato, Thiago Maia (Serginho) e Lucas Lima; Patito (Vitor Bueno), Gabriel (Neto Berola) e Ricardo Oliveira.
T.écnico: Dorival Júnior.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 10/12

IZAURA FERREIRA DE ANDRADE, 70 ANOS

ARAPONGAS
CLÁUDIO SILVA, 88 ANOS

IVAIPORÃ
VALDETE CORDEIRO PEREIRA, recém-nascida
MIRIAM PEREIRA DE LIMA, 70 ANOS
CLÓVIS DE ALCÂNTARA BRASIL, 53 ANOS

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60