Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Jogador dos Broncos vai de suspenso a MVP do Super Bowl

Loading...

ESPORTES

Jogador dos Broncos vai de suspenso a MVP do Super Bowl

DIEGO IWATA LIMA, ENVIADO ESPECIAL (*)
SAN FRANCISCO, EUA (FOLHAPRESS) - Vonnie B'Vsean "Von" Miller, 26, apareceu para a entrevista pós-Super Bowl ainda vestido com seu uniforme de jogo.
Visivelmente eufórico, o linebacker (defensor) riu quando um repórter comentou com ele a afirmação de Peyton Manning de que, naquela noite, seria ele, Miller, quem pagaria a cerveja de todos.
"Vou pagar, então. Nós ganhamos o Super Bowl. Hoje, as regras são diferentes", afirmou o camisa 58 do Denver Broncos, pouco depois de ter sido apontado como melhor jogador da vitória do seu time sobre o Carolina Panthers, por 24 a 10, no Super Bowl 50, neste domingo (7).
Vê-lo falar assim, em tom de brincadeira, sobre dobrar regras, chega a ser até engraçado. Afinal, não faz nem três anos, Miller teve problemas com a Justiça e com a NFL, a liga de futebol americano dos Estados Unidos.
Uma avaliação rotineira de perfil, quando Miller tentou comprar uma arma de fogo, apontou que ele não comparecera a uma audiência sobre um caso de condução de veículo sem habilitação, dias antes. O jogador chegou a ser detido em 2013, mas foi liberado após pagar fiança.
A NFL, dentro de seu código penal, foi menos leniente com Miller.
Também em 2013, o homem que pararia Cam Newton no Levi's Stadium neste domingo viu a carreira que despontara promissora, desde o seu tempo de universidade, no Texas, ficar ameaçada.
Naquele ano, o resultado de um exame de rotina de Miller não deu positivo para nenhuma substância proibida pela liga. Mas a amostra colhida estava diluída em água, o que poderia mascarar um doping.
O jogador pegou gancho de seis jogos pela violação. Como manda o manual de conduta da NFL, desculpou-se publicamente, admitindo ter se portado mal. Mas nunca disse que, de fato, houvera consumido alguma substância proibida.
A suspensão de Miller até não prejudicou muito o Denver Broncos, que usara sua primeira escolha no draft (seleção entre os jogadores universitários) de 2011 para contratá-lo -a segunda no geral.
O primeiro jogador selecionado naquele ano foi justamente Cam Newton, pelo Carolina Panthers.
Após cumprir a suspensão, Miller voltou a tempo de ajudar os Broncos na campanha que os levou ao Super Bowl.
Ele, porém, ficou fora do jogo decisivo, no qual seu time foi massacrado por 43 a 8 pelo Seattle Seahawks.
Na semana 16, a penúltima antes dos playoffs, Miller rompeu o ligamento cruzado do joelho direito -vitória sobre o Houston Texans, fora de casa.
Em 2014, Miller voltou a jogar. E foi bem, iniciando o caminho que o levaria a vencer o Super Bowl 50.
DECISIVO
"Estou orgulhoso de todos, mas de Von Miller em especial", disse após o jogo o técnico dos Broncos, Gary Kubiak.
Ele tem motivos para isso.
Seu linebacker desarmou por cinco vezes os quarterbacks adversários nos playoffs, sendo o líder das estatísticas nesse quesito.
Só na partida final, foram dois saques e meio (a NFL atribui meio saque para cada jogador quando entende que o trabalho foi conjunto).
O último deles foi o lance decisivo do jogo.
Numa tentativa desesperada de manter as chances de seu time, Newton se preparou para um lançamento longo, com quatro minutos ainda no cronômetro. Mas a bola nunca saiu da mão direita do quarterback. Miller surgiu do nada e a arrancou do rival.
Para comemorar o feito, o jogador dos Broncos colocou o braço dobrado na horizontal em frente ao seu rosto, imitando a comemoração típica do quarterback adversário e, àquela altura, já irremediavelmente derrotado.
O touchdown que decidiu a partida foi de C. J. Anderson. Mas quem, de fato, ganhou o jogo para os Broncos foi Miller.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 10/12

IZAURA FERREIRA DE ANDRADE, 70 ANOS

ARAPONGAS
CLÁUDIO SILVA, 88 ANOS

IVAIPORÃ
VALDETE CORDEIRO PEREIRA, recém-nascida
MIRIAM PEREIRA DE LIMA, 70 ANOS
CLÓVIS DE ALCÂNTARA BRASIL, 53 ANOS

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MEGA SENA

CONCURSO 1884 · 10/12/2016

01 04 23 32 38 59