Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

São Paulo sai atrás, mas Calleri garante empate no Peru

Loading...

ESPORTES

São Paulo sai atrás, mas Calleri garante empate no Peru

GUILHERME YOSHIDA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mesmo com um gol mal anulado pela arbitragem logo no começo do jogo, o São Paulo arrancou o empate por 1 a 1 contra a Universidad César Vallejo, na noite desta quarta-feira (3), no Peru, pelo jogo de ida da primeira fase da Libertadores.
No lance polêmico, o são-paulino Alan Kardec ganhou da defesa e, de cabeça, fez o gol após a bola bater no travessão e superar a linha peruana, mas a arbitragem errou ao mandar o jogo continuar.
Mesmo depois de sofrer um gol ainda no primeiro tempo, o time do Morumbi buscou a igualdade com o argentino Calleri, que fez a sua estreia com a camisa são-paulina ao entrar em campo no segundo tempo.
Com o resultado e o gol fora de casa, o São Paulo poderá até empatar por 0 a 0 no jogo de volta que conseguirá a classificação para a fase de grupos. Um novo empate por 1 a 1 levará a decisão para as cobranças de pênaltis. Já a equipe do Peru precisa vencer ou conseguir, no mínimo, o placar de 2 a 2 para continuar no torneio.
A segunda partida entre as equipes será na próxima quarta (10), no Pacaembu, já que o gramado do Morumbi está passando por uma reforma.
Quem avançar fará parte da Chave 1 da fase de grupos da competição, que ainda terá a presença do River Plate, da Argentina, além do boliviano The Strongest e do venezuelano Trujillanos.
O JOGO
O técnico argentino Edgardo Bauza repetiu o mesmo time da estreia do Campeonato Paulista. A equipe conseguiu dominar totalmente o primeiro tempo, apesar da derrota parcial por 1 a 0.
Postado no 4-2-3-1, o São Paulo controlou o jogo com muito mais posse de bola e presença ofensiva. Pelos lados, com os laterais Bruno e Mena, construiu as melhores jogadas e cruzamentos para a grande área adversária. No melhor deles, logo aos 10min, Alan Kardec ganhou da defesa e, de cabeça, fez o gol. Mas a arbitragem não viu a bola superar a linha da meta peruana e errou ao mandar o jogo continuar.
Apesar do lance, o time brasileiro permaneceu no campo de ataque. Logo em seguida, Ganso acertou o travessão do César Vallejo, e Centurión desperdiçou boa chance de cabeça minutos depois.
Porém, em um ataque isolado da equipe da casa até então, os são-paulinos sofreram o gol. Aos 18min, Alejandro Hohberg recebeu passe pelo lado esquerdo do ataque do César Vallejo e acertou um forte chute no ângulo do goleiro Denis.
O São Paulo, no entanto, não aparentou ter sentido o golpe. O time continuou melhor em campo e em busca do empate. Em contrapartida, deixou alguns espaços para contra-ataques dos peruanos e, por pouco, não foi vazado novamente antes do intervalo em chute de Chavez, aos 34min.
No segundo tempo, o jogo teve o mesmo cenário da etapa inicial. O São Paulo com mais posse de bola e presença ofensiva, enquanto o time peruano, recuado, esperava os contra-ataques.
Bauza, então, promoveu a entrada do atacante Calleri no lugar de Alan Kardec. Praticamente na sua primeira chance, o argentino não desperdiçou. Aos 20min, ele se aproveitou de falha do zagueiro Cardoza e, com um toque que encobriu o goleiro, empatou o jogo para o São Paulo.
Nos minutos finais, a equipe tricolor continuou melhor em campo e buscou a virada, mas esbarrou na retranca peruana e não conseguiu a vitória.
CÉSAR VALLEJO
Libman; Requena, Cardoza, Riojas e Guizasola; Ciucci e Quinteros (Morales); Millán, Chávez, Hohberg; Montes (Perea)
T.: Franco Navarro
SÃO PAULO
Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Breno, Mena; Thiago Mendes (Wesley), Hudson, Michel Bastos, Ganso e Centurión (Carlinhos); Alan Kardec (Calleri)
T.: Edgardo Bauza
Estádio: Mansiche, em Trujillo (Peru)
Árbitro: Roddy Zambrano (Equador)
Gols: Hohberg, aos 18 min do 1º tempo; Calleri, aos 20 min do 2º tempo
Cartões amarelos: Juan Morales, Millán, Riojas (C) e Calleri (S)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

APUCARANA 05/12

YOSHIMATSU NIKI, 99 anos

SULINA ANTONIA DA SILVA, 82 anos

JOSE BECEL, 80 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41