Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Minas terá desfile para receber britânicos antes de Olimpíada

Loading...

ESPORTES

Minas terá desfile para receber britânicos antes de Olimpíada

PAULO ROBERTO CONDE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Para dar conta de uma delegação de 400 pessoas do Reino Unido que fará aclimatação no clube para os Jogos Olímpicos do Rio, o Minas Tênis Clube, um dos principais do país, decidiu inovar.
A agremiação criou um programa de voluntariado que envolve seus associados e também cumprirá alguns protocolos semelhantes aos da Olimpíada para dar uma atmosfera especial durante a estadia britânica.
O programa "Anfitriões" espera recrutar 27 sócios para ajudar na operação do clube enquanto o Reino Unido usar as instalações.
"Houve um total de 50 inscritos que fizeram entrevista no RH, mas nem todos foram aceitos. Acreditamos que é uma forma de aproximar e envolver o associado", afirmou Luiz Gustavo Lage, presidente do Minas, à Folha de S.Paulo.
O clube vai conciliar os treinos dos britânicos com o vai e vem de sócios. A expectativa de Lage é de que, da delegação de 400 pessoas, 200 sejam atletas. Todo o contingente se hospedará em hotéis na região próxima ao Minas.
Desde que o acordo foi sacramentado, em 2012, após nove reuniões para selá-lo, se tornou corriqueiro para os atletas britânicos fazerem treinamentos de reconhecimento em Belo Horizonte. No mês passado, por exemplo, a equipe de canoagem estava na unidade náutica da agremiação.
Lage disse que a expectativa é a de que todos os visitantes cheguem de vez ao clube a partir da segunda quinzena de julho. Antes da saída dos britânicos rumo ao Rio, para se hospedarem na Vila dos Atletas, o Minas promete uma "cerimônia de encerramento".
"Programamos um desfile da delegação deles pelo clube, com participação dos sócios, como despedida", disse Lage.
OUTROS PAÍSES
O Minas Tênis não será o único clube brasileiro de grande porte que receberá uma potência olímpica. Os Estados Unidos fecharam acordo para utilizar algumas instalações do Flamengo, no Rio.
Os norte-americanos, principal potência dos Jogos, farão até mesmo algumas melhorias em ginásios e quadras da agremiação carioca.
A China, sua maior concorrente, vai pagar R$ 14 milhões para se basear no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, entre 22 julho e 15 de agosto. Os asiáticos trarão 350 pessoas, entre atletas e oficiais, e ficarão em um hotel a menos de 1 km de lá.
Não serão apenas os chineses que ficarão na capital paulista. O Japão usará duas instalações, uma para cada modalidade: a natação treinará na Hebraica e o nado sincronizado, no Paineiras. A equipe de maratona aquática do país fará sua aclimatação final na Universidade Santa Cecília, em Santos, no litoral paulista.
Clube tradicional da comunidade judaica, a Hebraica também vai hospedar treinos do judô, atletismo e da natação de Israel.
Até mesmo delegações paraolímpicas devem ficar na capital paulista. Os times de basquete em cadeira de rodas do Reino Unido vão se alojar no Clube Esperia, na zona norte da capital.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO ·