Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Africanos são favoritos na 54ª Prova Pedestre 28 de Janeiro

Loading...

PEDESTRIANISMO

Africanos são favoritos na 54ª Prova Pedestre 28 de Janeiro

Slide Show

Como tem acontecido nos últimos anos, principalmente pelo naipe masculino, os atletas africanos são os favoritos para a corrida de 10 quilômetros da 54ª edição da Prova Pedestre 28 de Janeiro, em Apucarana, competição que ocorrerá hoje, a partir das 20 horas, com largada defronte a Caixa Econômica Federal, na Praça Rui Barbosa. Antes, às 19 horas, será dada a largada da corrida de 5 quilômetros. São 2.698 atletas inscritos na categoria adulto.

Os africanos Joseph Panga, Natalia Sulle, Carolyne Komen, Dawit Admasu e Willian Kibor são as principais atrações na “28” | Foto: Sérgio Rodrigo

Pelo naipe masculino na corrida de 10 quilômetros, são cotados para ficar no lugar mais alto do pódio o etíope Dawit Fikadu Admasu, o queniano Willian Kibor e o tanzaniano Joseph Panga. O primeiro atleta foi campeão da Corrida Internacional de São Silvestre em 2014; o segundo tem o título na Meia Maratona de Verona na Itália no ano passado, e o terceiro em 2015 ficou em primeiro lugar no Circuito da Caixa, etapa de São Paulo. Os três africanos integram a equipe Coquinho Fila/Bioleve e são agenciados e treinados por Moacir Marconi, o Coquinho. Correm por fora em busca da primeira colocação na corrida apucaranense os brasileiros Damião e Cosme Ancelmo de Souza, da Marinha/Bradesco Seguros-RJ; Alessandro de Souza, de São José dos Pinhais; Fernando Alex Fernandes, da equipe Acorremar de Maringá, e Elessandro Aparecido de Oliveira, de São Paulo. 

Com domínio dos africanos nos últimos quatro anos, o último brasileiro a vencer a “28” foi o brasiliense Clodoaldo da Silva em 2011. Depois venceram a corrida de 10 quilômetros o tanzaniano Nelson Mbuya (2012); o queniano Mark Korir (2013), o etíope Fikadu Dinbushe (2014) e o também queniano Edwin Rotich (2015). No naipe feminino, prova de 10 quilômetros, vão lutar pela primeira posição a queniana Carolyne Komen, campeã das maratonas da China, São Paulo e do Rio de Janeiro; e a tanzaniana Natalia Sulle, campeã da meia maratona da Tanzânia e da maratona em seu país. Elas também defendem a equipe Coquinho Fila/Bioleve.  Quem deve brigar com elas pelo título da prova é a paranaense Joziane da Silva Cardoso, da equipe Pé de Vento-RJ. Bicampeã da “28” em 2011 e 2014, Joziane na última Corrida Internacional de São Silvestre obteve o quinto lugar, sendo a segunda melhor brasileira classificada em São Paulo.

Os campeões da prova de 10 quilômetros (masculino e feminino) vão ganhar R$ 4 mil cada, mais troféus. Na corrida de 5 quilômetros, os destaques são Anoé Dias, e os mourãoenses Tcharles Calcanha e Wellerson Fidélis. O primeiro competidor foi terceiro colocado na São Silvestre de 2007.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1881 · 30/11/2016

03 10 30 44 53 56