Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Após denúncias de corrupção, Murray critica patrocínio de casa de apostas

Loading...

ESPORTES

Após denúncias de corrupção, Murray critica patrocínio de casa de apostas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O tenista Andy Murray, número dois do mundo, comentou as revelações sobre manipulação de resultados entre jogadores da elite do tênis mundial. O britânico disse que é quase compreensível que um tenista jovem e mais inexperiente fique tentado a aceitar valores altos para combinar resultados.
O britânico também criticou o Aberto da Austrália por assinar contrato de patrocínio com a casa de apostas William Hill Betting. "Eu acho que é um pouco hipócrita", disse o tenista.
Não há indicações de que a Willian Hill esteja envolvida no caso revelado no domingo.
Murray cobrou da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) que dê mais atenção aos jogadores jovens, que normalmente enfrentam dificuldades financeiras.
"Eu tinha conhecimento disso desde que era jovem. Quando as pessoas chegam com somas altas de dinheiro e você é jovem, às vezes você comete erros. Acho que é importante que os jogadores mais novos sejam melhor preparados e alertados sobre o que devem fazer em uma situação dessas e como uma decisão (aceitar a manipulação) pode afetar sua carreira e todo o esporte".
GUGA
O brasileiro Gustavo Kuerten, ex-número 1 do mundo, também se posicionou sobre as denúncias. Pelas redes sociais, Guga divulgou uma carta aberta em suas redes sociais e cobrou punição aos envolvidos.
"Pela decência e justiça cultivadas pelo universo do tênis, acredito que sejam casos isolados, em que a punição deve ser severa", escreveu.
Ele destacou que nunca recebeu propostas para combinar resultados. "Durante toda a minha carreira eu nunca fui assediado, mas o assunto já assombra o tênis há bastante tempo. Para mim, a manipulação de resultados, assim como o doping, representam a corrupção dentro do ambiente esportivo que precisa ser banida".
Guga também defendeu a atuação da ATP no combate a esse tipo de caso. "Nos anos em que eu estive no circuito, a ATP sempre combateu o caso com muita seriedade. O assunto é extremamente preocupante, porque compromete a essência do esporte, a competição limpa, plena, o respeito às regras", finalizou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO ·