Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Com pulseira da Bola de Ouro e terno do Neto, Wendell Lira chega ao Brasil

Loading...

ESPORTES

Com pulseira da Bola de Ouro e terno do Neto, Wendell Lira chega ao Brasil

EVANDRO FURONI
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A pulseira no braço direito é a prova, mas Wendell Lira ainda não acredita que há dois dias estava em Zurique, na Suíça, vencendo Messi na disputa do Prêmio Puskás, dado pela Fifa ao gol mais bonito de 2015. O ex-jogador do Goianésia, clube pelo qual marcou o tento premiado, desembarcou na manhã desta quarta-feira (13) no Brasil.
"A ficha não caiu, só de pensar que estava com o Messi, Cristiano Ronaldo, Daniel Alves, Marcelo, Neymar, a nata do futebol mundial. Foi um sonho e graças a Deus pude estar lá", afirmou Lira.
O goiano de 27 anos não teve folga no desembarque no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. O jogador não parou em nenhum momento de tirar fotos com os fãs e agradeceu a todos pelos votos de carinho. Um dos motivos da atenção com quem o abordava era que dois dias atrás era ele quem estava tietando os seus ídolos.
"Consegui tirar foto com o pessoal, até mesmo os que eu não conhecia. O Marcelo me puxou e fez com que eu conversasse com o Cristiano [Ronaldo], para que eu tirasse uma foto com ele", disse.
Ele ganhou o Prêmio Puskás graças a um gol feito no Campeonato Goiano de 2015. Lira acertou um voleio em uma partida contra o Atlético-GO e chamou a atenção da Fifa.
Uma campanha realizada em sites na internet e perfis em redes sociais ajudou o jogador a conquistar o prêmio, o único do evento escolhido por votação popular. Quando ouviu o seu nome, o atacante não conseguiu segurar o choro.
"Eu tentei respirar fundo, porque eu estava passando muito mal. O coração estava muito acelerado. Você pensa na sua vida toda ali. Você passa uma vida inteira e não vive um momento daquele. De repente, está sentado, não só participando da festa, mas também concorrendo a um prêmio", lembrou.
TERNO EMPRESTADO
Humilde, Wendell não tinha nem terno para vestir na cerimônia, mas contou com mais uma gentileza dos seus fãs. Ele ganhou dois ternos, um de uma loja de Goiânia e outro do ex-jogador e apresentador Neto. O presente do ex-corintiano não pôde ser usado na festa, mas Lira o vestiu no desembarque em São Paulo.
"Como sou de Goiânia e o Neto mandou fazer o terno aqui em São Paulo, não teve como tirar as medidas. Então acabei levando os dois. O terno do Neto ficou muito curto e ia acabar rasgando. Tive que usar outro", afirmou.
No momento em que recebeu a notícia que concorria ao gol mais bonito do mundo, Wendell estava desempregado, negociando um contrato com o Vila Nova. Em 2012, ele chegou a desistir do futebol e trabalhar na lanchonete de sua mãe.
"Independente do jogador e do time, nós somos trabalhadores. Acho que chegar na sua casa e não ter dinheiro para comprar uma fralda para o seu filho ou não poder comer o que quer é difícil. Espero que a minha história ajude muito os jogadores de futebol dos times menores", disse.
Lira deve chegar a Goiânia na tarde desta quarta-feira. Na quinta (14), ele se apresenta para a pré-temporada do Vila Nova. Se depender do atacante, a pulseira que prova que tudo que passou foi real só será tirada no dia 31 de janeiro, quando estreará no Campeonato Goiano deste ano, contra o Goiás.
"Só vou tirar quando não tiver jeito, quando jogar lá no Serra Dourada", afirmou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41