Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Clube ficou conhecido no mundo inteiro, diz presidente do Goianésia

Loading...

ESPORTES

Clube ficou conhecido no mundo inteiro, diz presidente do Goianésia

ADRIANO MANEO E RENAN MARRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após o goiano Wendell Lira desbancar o argentino Lionel Messi e o italiano Alessandro Florenzi e vencer o Prêmio Puskás, dado ao gol mais bonito do ano pela Fifa, o presidente do Goianésia, Gustavo Carvalho, 28, comemora a exposição do clube que hoje disputa a quarta divisão do Campeonato Brasileiro.
"O Goianésia hoje é conhecido no mundo inteiro", diz Carvalho. "O clube nunca esteve tanto na mídia quanto desde novembro [ de 2015], quando o gol saiu entre os melhores", completa.
O gol mais bonito do ano foi marcado contra o Atlético-GO, pelo Goiano, em março de 2015, no estádio Serra Dourada, quando Lira ainda era jogador do Goianésia. Hoje o atacante é atleta do Vila Nova, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.
"O Goianésia só iria disputar o Campeonato Goiano e a gente fez o contrato temporário com o Wendell", conta Carvalho. "Depois, não tínhamos condições financeiras de manter o grupo", completa.
Segundo Carvalho, quando o Goianésia acertou a volta de Lira ao clube, o gol do goiano foi eleito um dos finalistas ao Prêmio Puskás e o nome do atleta ficou conhecido. Com a exposição, Lira recebeu propostas melhores e acertou com o Vila Nova. Antes, teve passagem pelo Tombense.
"A gente perdeu muito. O Goianésia poderia ter ganhado muito mais com a presença dele [Lira] aqui", conta Carvalho. "Não temos condições de competir com o Vila Nova, que disputa a Série B", completa.
Apesar de lamentar a saída de Lira, o presidente do clube diz que, com a evidência do gol, muitos jogadores passaram a ter interesse em atuar pela equipe.
"Quando a gente fala que é do Goianésia, muito jogador fica interessado", conta.
O diretor de futebol do Goianésia, Fabrício Leopoldo, 40, por sua vez, disse que o clube sempre soube que Lira tinha grande potencial dentro de campo.
"Ele tem uma base boa. Já tinha sido jogador do Goiás e chegou a participar da base da seleção brasileira. Ele até jogou com o Alexandre Pato", conta Leopoldo, que sonha em ter Lira de volta ao clube.
ESTÁTUA
Lira será homenageado em Goianésia (a 174 km da capital Goiânia). De acordo com o prefeito Jalles Fontoura de Siqueira (PSDB), será construída uma estátua do jogador na cidade, ele passará a ser cidadão honorário de Goianésia e terá uma série especial de selos com a imagem do gol premiado.
A estátua de Lira deverá ficar em frente ao estádio Valdeir José de Oliveira, que tem capacidade para 3.500 torcedores.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1904 · 18/02/2017

12 15 18 21 51 56