Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Europa se afasta de Malcom por excesso de intermediários e baixa produção

Loading...

ESPORTES

Europa se afasta de Malcom por excesso de intermediários e baixa produção

DASSLER MARQUES
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Malcom estava entre os nomes mais comentados para deixar o Corinthians ao fim do Campeonato Brasileiro. Mas, passados quase 40 dias desde o encerramento da competição, o atacante não movimenta o noticiário como se esperava. Especialistas no mercado apontam dois motivos em especial.
À reportagem, representantes de clubes europeus no Brasil apontaram a temporada 2015 de Malcom como regular depois de ser uma das revelações do país sob o comando de Mano Menezes. Na avaliação desses observadores, o desenvolvimento do jogador durante o ano com Tite ficou aquém do esperado, apesar de ser titular durante quase toda a Série A.
Mesmo no ataque que foi disparado o melhor da competição, com 71 gols, Malcom anotou cinco vezes e foi contestado pela torcida corintiana, em alguns momentos, por oportunidades desperdiçadas em excesso.
A seu favor, teve o fato de ter marcado nas duas partidas contra o vice-líder Atlético-MG e de ter contribuído com quatro assistências. Mesmo assim, chegou a ser barrado por Rildo, que se machucou justamente quando teve a chance de ser titular.
Apesar desse contexto, os observadores que acompanham o futebol de Malcom acreditam que ele possa se tornar um jogador de nível superior na próxima temporada. Ainda se vê no atacante de 18 anos uma considerável margem de evolução física e técnica. Segundo apurou o UOL Esporte, a aquisição dele foi recomendada pela Traffic ao Barcelona há aproximadamente um ano, mas não suscitou interesse imediato.
Outras equipes europeias, entretanto, discutiram o nome do atacante brasileiro e revelaram dificuldade em abrir negociação devido ao excesso de intermediários que seriam envolvidos na operação. Segundo esses representantes, foi difícil avançar em tratativas por conta de divergências.
Além do Corinthians, há quatro sócios nos direitos econômicos do atacante: os empresários Fernando Garcia, Thiago Ferro, Guilherme Miranda e Nílson Moura, que é o agente de Malcom. Até o nome de Kia Joorabchian, em conversas com a Europa, foi sugerido pelo Corinthians para assumir a frente de uma eventual transação. O fato de não possuir passaporte europeu também limita o alcance de Malcom no mercado.
Nos próximos dias, segundo pessoas próximas ao jovem atacante, uma oferta do Borussia Dortmund-ALE poderá chegar ao Corinthians. Nos últimos meses, rumores surgiram na Europa em clubes como Shakhtar-UCR, Benfica-POR, Red Bull Leipizig-ALE e ainda no mercado russo, mas nunca avançou para uma proposta oficial próxima dos 8 milhões de euros (cerca de R$ 35 milhões) que a direção corintiana avalia ser seu preço mínimo de mercado.
Em meio ao desmanche que já levou cinco titulares de Tite -Vagner Love, Jadson, Renato Augusto, Cássio e Ralf-, a permanência do jovem atacante é motivo de alívio para o treinador. Ao menos por enquanto.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MAUÁ DA SERRA 09/12

CLAUDENIR COELHO SOARES, 35 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60