Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Consócio do Maracanã diz que não pagará multa por devolução

Loading...

ESPORTES

Consócio do Maracanã diz que não pagará multa por devolução

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O Consócio Maracanã, que administra as operações do estádio, afirmou na tarde desta terça-feira (5) que não pagará multa caso devolva as operações para o governo do Rio.
Segundo o consócio, administrado pela Odebrecht e AEG, não há multa prevista em contrato. "Não existe qualquer previsão de multa nas hipóteses associadas à rescisão. Eventuais multas poderiam ser aplicáveis a qualquer momento em caso de descumprimento, por parte da concessionária, do contrato ou da legislação aplicável", afirma a concessionária em nota.
Questionada se haveria multa prevista no contrato, a secretaria da Casa Civil do Rio limitou-se a dizer que está em fase de negociação com o consócio.
Nesta segunda-feira (4), a concessionária demitiu cerca de 75% de seus funcionários fixos --o grupo não informa o número total de empregados. A mudança drástica em seu quadro de integrantes se daria devido à aproximação da Olimpíada do Rio, que acontecerá em agosto deste ano.
Em nota, a concessionária diz que busca "se adaptar ao período de uso exclusivo dos Jogos Olímpicos, quando cederá suas instalações ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 por até nove meses".
De acordo com a empresa, os serviços de manutenção e tour do estádio vão continuar normalmente com os parceiros terceirizados.
"O Maracanã vem realizando esforços contínuos para reduzir os custos fixos, minimizar os prejuízos operacionais e se adequar aos impactos da alteração unilateral do contrato de concessão e aos períodos de interrupção da operação como na Copa do Mundo (2014) e Olimpíadas (2016)".
Com a possível saída do consócio na administração do estádio, Flamengo e Fluminense já se mostram interessados em assumir a administração do local.
O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, chegou a afirmar que existe um plano em conjunto com a empresa CSM, especializada em marketing esportivo, em que os clubes negociam a aquisição da operação do estádio em condições de igualdade. A oferta, no entanto, só será levada ao governo caso a saída do consócio seja oficializada.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60