Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Casal se conhece em site de relacionamento e namoro dá em casamento

Loading...

PAQUERA VIRTUAL

Casal se conhece em site de relacionamento e namoro dá em casamento

- Atualizado em 16/10/2016 11:28
Casal se conheceu em um site de relacionamento e foi parar no altar. Foto: Arquivo pessoal

Encontrar a cara-metade nem sempre é uma tarefa fácil. Há quem diga que o grande amor está no trabalho, na vizinhança ou na faculdade. Mas, e quando ele está na internet? Foi assim que o caminho da dentista Aline Silvestre se cruzou com o do engenheiro Fábio Bocatti. Os dois se conheceram em 2011 em um site de relacionamentos.

Na época ela tinha 23 anos e era de Tamarana; e ele, 26 anos, de Cambé. Os dois estavam solteiros e, a princípio, se inscreveram no portal apenas por curiosidade. No entanto o que começou de maneira despretensiosa terminou em casamento!

As primeiras conversas foram tímidas. Do bate-papo na internet eles migraram para um aplicativo de mensagens particulares. Começaram a conversar diariamente e foram descobrindo afinidades. Aline conta que no começo teve até um pouco de receio e isso contou na hora em que eles foram se conhecer pessoalmente. “Tinha medo de ele não ser uma pessoa de bem como dizia”, afirma.

Foi então que surgiu uma ótima oportunidade para conhecer o rapaz pessoalmente. Em fevereiro do mesmo ano, Aline convidou Fábio para ir ao aniversário de uma de suas melhores amigas, em um local público e na companhia de pessoas que sabiam da história.

“Fiquei muito envergonhada”, confessa Aline sobre a primeira troca de olhares. No entanto ela afirma que ele era “do jeitinho” que ela imaginava.

Já Fabio, assume que ficou surpreendido logo de cara. “Ela superou minhas expectativas”. Ele lembra ainda que as ideias em comum e a afinidade que os dois sentiram frente à frente também contou.

E entre uma cervejinha e outra e muita conversa, aconteceu o primeiro beijo. “Quero vê-lo novamente”, foi o primeiro pensamento de Aline, enquanto Fábio revelou que já pensava até em um relacionamento sério.

Demorou dois meses, mas o pedido de namoro veio e Aline aceitou. E após quatro anos, o pedido de casamento.

 A cerimônia aconteceu há cinco meses em uma linda festa na cidade de Londrina, onde o casal vive hoje. E a amiga do aniversário estava lá e era madrinha. De sobra, ainda levou o buquê da noiva.

“Ô sorte”, festeja Maria Fernanda Sant’Ana, que foi testemunha de tudo desde o princípio.

Os recém-casados já pensam em aumentar a família. Aline diz que o casal pretende ter dois filhos. Enquanto isso, os planos são viajar muito e curtir bastante.

“Hoje vemos que existe sim a possibilidade de encontrar um amor na internet e mesmo sem termos planejado nada, tudo aconteceu através daí”, comemora ela. Fábio também agradece por ter se inscrito no site de relacionamentos, responsável por ter apresentado o casal. Mas garante que “tudo acontece se realmente tiver que acontecer”.

O casal ainda deixa um conselho. “Tentem e experimentem, quem sabe dá certo, assim como deu com a gente. Mas, sempre com muito cuidado, pois também existem pessoas com más intenções”, ressalta.

Paquera virtual
Encontrar um namorado (a) na internet se tornou cada vez mais possível com o advento das mídias digitais e sites de relacionamentos. Ainda assim, os riscos envolvidos em conhecer alguém pela internet fazem com que muitos não a utilizem, ou até não acreditem nas histórias de amor que começam em um simples bate-papo na web.

Dezenas de sites e aplicativos de relacionamentos surgem a cada momento. Enquanto um perde a popularidade, outro tem sua ascensão, porém, todos tem o mesmo objetivo; facilitar a vida de quem deseja arranjar companhia.

A lista é grande, Badoo, Tinder, Happn, Flert, DateMe, Namoro On, Par Perfeito e por aí vai. Opções não faltam e pessoas que se inscrevem nestes sites ou aplicativos também não. O Badoo, por exemplo, já superou a marca de 300 milhões de usuários e se tornou uma das redes sociais mais populares do mundo.

Mesmo sabendo que esses programas são apenas o pontapé inicial, é preciso tomar cuidado. Atrás de um computador ou de um celular as pessoas podem ser quem elas quiserem. E esse aviso é válido tanto para homens quanto para mulheres.

Antes de levar essa história à diante, certifique-se de que está realmente falando com alguém que mantém sua identidade verdadeira e caso ainda restem dúvidas, marque para se conhecerem em locais públicos ou na companhia de amigos.

Depois de verificar é hora de dar uma chance, pois são muito os relatos de que os encontros virtuais deram certo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 08/12

ÂNGELO RODRIGUES, 70 anos

CALIFÓRNIA
ENACIR MARIA CARDOSO, 53 anos

JANDAIA DO SUL 08/12

MARIA DO ROSARIO DE SOUZA BORGES, 50 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60