Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ao menos 21 participantes de realities cometeram suicídio em 12 anos

Loading...

ENTRETENIMENTO

Ao menos 21 participantes de realities cometeram suicídio em 12 anos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Há duas semanas, uma ex-integrante 14ª edição do reality show "The Bachelor" foi encontrada desacordada e diagnosticada com overdose de medicamentos controlados.
O suicídio de Alexa McAllister, aos 31 anos, é um dos pelo menos 21 cometidos por ex-particpantes desse tipo de programa nos Estados Unidos desde 2004, segundo levantamento do jornal "New York Post".
A estatística inclui estrelas de fenômenos de audiência no país, como o jogo de namoro do canal ABC e o "Kitchen Nightmares", de Gordon Ramsay, exibido pela Fox, até atrações menos conhecidas, como "Storage Wars" (A&E Network), sobre compradores profissionais de móveis usados.
Alexa foi a segunda ex-participante de uma mesma edição de "The Bachelor" a se matar. Em 2013, a modelo Gia Allemand se enforcou com o cabo de um aspirador de pó.
O psicólogo Richard Levak, que já trabalhou em realities, afirmou ao jornal que a onda de suicídios dessas personalidades da TV é um debate ambíguo.
"Será que [aparecer em reality shows] atrai pessoas com maior instabilidade emocional?", questiona. "Pessoas instáveis têm mais interesse? Ou as fantasias do reality fazem com que elas se matem?"
"Sua empresa está prestes a afundar no rio Hudson", disse Ramsay ao chef de cozinha Joseph Cerniglia, durante episódio de "Kitchen Nightmares" em 2007. Três anos mais tarde, o cozinheiro se jogou no rio da ponte George Washington.
Ao "NY Post", a mãe de Cerniglia, Patricia Hansen, disse não culpar o programa e elogiou a forma como seu filho era tratado por Ramsay por trás das câmeras.
Embora a maioria dos realities mantenha uma equipe de psicólogos para acompanhar a saúde mental dos concorrentes, ex-participantes disseram à publicação que a superexposição gerada por esses programas pode ser irreversível para a saúde mental.
"Acho que as pessoas não percebem as repercussões quando aceitam [participar]", avaliou o vencedor da 4ª temporada de "The Bachelorette" (a versão feminina de 'The Bachelor'), Jesse Csincsak.
"Ninguém entra para ser retratado como o agressivo, o bêbado ou algo assim, mas acontece, pois isso dá audiência e audiência é dinheiro."

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57