Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vitória de "Spotlight" injeta ânimo no jornalismo, diz editor

Loading...

ENTRETENIMENTO

Vitória de "Spotlight" injeta ânimo no jornalismo, diz editor

GUILHERME GENESTRETI E RODRIGO SALEM
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "O Oscar veio para casa" enuncia reportagem de meia página da edição desta segunda (29) do "Boston Globe" que noticia a vitória de "Spotlight" na premiação - o filme é inspirado no trabalho dos repórteres investigativos do jornal.
Fora a frase inicial, o tom geral da cobertura do êxito no Oscar é sóbrio: não cria muito alarde para o mérito do "Globe" em ter servido de base para uma história agora consagrada em Hollywood.
Já os jornalistas que participaram das reportagens sobre pedofilia na igreja mostradas no filme foram mais efusivos. Matt Carroll, expert em dados, que postou mais de 50 tuítes e fotos ao comparecer à cerimônia:"Estamos literalmente na última fileira... mas estamos aqui e orgulhosos".
Um dos pontos mais importantes na vitória de "Spotlight" é a exaltação do jornalismo investigativo feito com paciência - técnica oposta à rapidez exigida pela internet.
Marty Baron, ex-editor-executivo do "Globe", escreveu um longo artigo no "Washington Post", que hoje comanda, pouco dias antes da premiação, elencando as recompensas que uma estatueta traria ao jornalismo como um todo.
Aos donos de jornal, chamaria atenção para a importância das reportagens investigativas. Ao público, para reconhecer a necessidade de uma vigorosa cobertura local.
A produtora Blye Pagon Faust falou com a imprensa ainda com a estatueta na mão, exaltando o "impacto global" que uma notícia bem apurada pode ter. Já o diretor Tom McCarthy foi bem claro anteriormente: "Fizemos esse filme para todos jornalistas que fazem ou fizeram os poderosos assumirem suas responsabilidades".
Na véspera do prêmio, Walter Robinson, ainda parte da Redação do "Boston Globe", disse que o filme era "uma injeção de ânimo" para quem ainda permanece no jornal.
O "Globe", com apoio do estúdio e produtoras, abriu bolsa de US$ 100 mil para jornalistas investigativos que desejem trabalhar com a equipe.
"Spotlight" é o primeiro longa ficcional da First Look Media, empresa jornalística de Pierre Omidyar, criador do eBay. O carro-chefe é "The Intercept", publicação online editada pelos jornalistas Glenn Greenwald e Jeremy Scahill, e pela diretora Laura Poitras, de "Citizenfour".
Em seu texto, Baron citou o o "bizarro" que é o tema do abuso sexual ter descambado para essa "intersecção entre celebridades, paparazzi e entrevistas de tapete vermelho".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias