Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dr. Luke nega ter estuprado Kesha e critica campanha a favor da cantora

Loading...

ENTRETENIMENTO

Dr. Luke nega ter estuprado Kesha e critica campanha a favor da cantora

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A novela protagonizada pela cantora americana Kesha e o produtor Dr. Luke acaba de ganhar um novo e ainda mais polêmico episódio.
O empresário usou sua conta no Twitter, nesta segunda (22), para, em uma série de mensagens, negar publicamente ter estuprado a cantora.
"Eu não estuprei Kesha e nunca tive relações sexuais com ela. Nós fomos amigos por muitos anos e ela era como uma irmã mais nova para mim", declarou o magnata.
Luke afirma que a própria cantora teria negado, em seu testemunho, ter sofrido qualquer tipo de assédio sexual do produtor.
Ele aproveitou para criticar a campanha a favor da cantora, que se espalhou pelas redes sociais após decisão judicial ter favorecido Luke.
"Entendo o porquê as pessoas sem todas as informações estão se posicionando. Eu aprecio sua compaixão", escreveu. "É claro que qualquer pessoa sã é contra estupro e assédio sexual, mas todos que estão comentando a respeito o fazem sem conhecimento dos fatos", criticou.
Famosas como Demi Lovato, Ariana Grande e Lilly Allen declararam publicamente seu apoio à Kesha. Taylor Swift foi além, e doou R$ 1 milhão à colega para ajudar com os custos dos processos.
O apoio que a cantora tem recebido desagradou Luke. "Até agora eu não tinha comentado nada sobre o processo, que deveria ser resolvido na corte e não aqui, no Twitter", argumentou.
"É uma vergonha que haja tanta especulação baseada em tão pouca informação. Mas a única pessoa que tem conhecimento dos fatos é o juiz, e ele não decidiu a favor de Kesha na sexta", em referência a sua própria vitória na corte, que negou o pedido da cantora de romper provisoriamente o contrato com o selo do magnata.
O empresário não parou por aí e sobrou até para Chris Brown. Luke alfinetou Mark Geragos, o advogado de Kesha, ironizando seu histórico profissional. "Mark Geragos (advogado de Kesha) representou Scott Petterson [cumpre prisão perpétua por matar a própria mulher] e Chris Bown [condenado por agredir Rihanna]. Como ele pode fingir que se preocupa com o direito das mulheres?".
Entenda o caso
Kesha acusa Dr. Luke de drogá-la, estuprá-la e instigar seus distúrbios alimentares durante o tempo em que trabalharam juntos, o que tornaria traumático e impossível continuar trabalhando com ele.
Já o produtor Luke afirma que as acusações são fabricações da cantora e de sua mãe para quebrar o contrato sem pagar a multa. Ele argumenta que uma mulher estuprada moveria um processo penal contra seu abusador, ao invés de só pedir a liberação contratual.
Na última sexta, Kesha teve seu pedido de liminar negado pela corte de Nova York. Na papelada, ela pleiteava sua liberação provisória de contrato, para trabalhar com outra gravadora enquanto espera o resultado final do processo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias