Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bilionário paga US$ 500 mi por dois quadros nos EUA em compra histórica

Loading...

ENTRETENIMENTO

Bilionário paga US$ 500 mi por dois quadros nos EUA em compra histórica

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dono de um fundo de investimento avaliado em US$ 26 bilhões e entusiasta das artes plásticas, o empresário americano Kenneth C. Griffin pagou recentemente US$ 500 milhões por dois quadros, "Number 17A", de Jackson Pollock, e "Interchanged" de Willem de Kooning, informou o "The New York Times"
Detalhes da negociação, incluindo o preço pago por cada uma das obras, não foram divulgados, mas é certo que a compra entrou para a lista das mais caras do mundo da arte -"Nafea Faa Ipoipo", do francês Paul Gauguin, foi arrematado no ano passado por US$ 300 milhões, tornando-se o quadro mais caro já vendido.
As pinturas pertenciam à coleção privada de David Geffen, um magnata do entretenimento. Depois de adquiri-las, Griffin as emprestou ao Instituto de Arte de Chicago, onde estão em exibição. O empresário é curador do espaço.
"Essas duas pinturas icônicas nos permitem compartilhar momentos maravilhosamente poderosos e transformadores na história da arte do pós-guerra com milhares de visitantes todos os dias", disse James Rondeau, presidente do museu, ao "Times".
Segundo o jornal, ao contrário de muitos de seus colegas que também comandam fundos bilionários, Griffin não tem obras famosas penduradas nas paredes de seu escritório em Chicago, apenas fotos e desenhos dos filhos.
Ainda assim, se tornou um relevante colecionador nos últimos anos. Ele e a mulher, Anne Dias, ficaram conhecidos em 2007, quando passaram a liderar a lista dos 200 maiores proprietários de arte da ARTnews.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias