Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Yunet e tramas paralelas somem de 'Os Dez Mandamentos' no cinema

Loading...

ENTRETENIMENTO

Yunet e tramas paralelas somem de 'Os Dez Mandamentos' no cinema

GABRIELA SÁ PESSOA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Não havia milagre que pudesse evitar sacrifícios da adaptação de "Os Dez Mandamentos" para o cinema. As 161 horas de folhetim da Record encolheram para duas.
No princípio, eram 150 capítulos da novela. Com a escalada na audiência, a trama, exibida de março a novembro de 2015, esticou e terminou em 176 episódios -deve ainda ganhar outros 60 em uma segunda temporada, que estreia em março.
Agora, a multiplicação da história de Moisés empreendida na televisão pela autora, Vivian de Oliveira, e o diretor Alexandre Avancini precisou inverter os sinais na adaptação do folhetim para os cinemas.
Na noite de terça (26), a reportagem assistiu ao longa, cujo roteiro se limita a seguir o script bíblico em torno de Moisés (Guilherme Winter) e do faraó Ramsés (Sérgio Marone), sem as tramas paralelas e liberdades ficcionais que seguraram a história por oito meses no ar.
Ficaram para trás alguns dos personagens e interpretações mais interessantes de "Os Dez Mandamentos", como a vilã Yunet (Adriana Garambone), criação da dramaturga, cujas maldades movimentaram a trama na televisão.
As pragas do Egito, ponto em que Vivian tomou fôlego para esticar a trama, não duraram mais do que 15 minutos no cinema. E a abertura do mar Vermelho, recorde de audiência de "Os Dez Mandamentos", não passou de dez -muito melhor do que a enrolação ao longo de todo um capítulo, com uma enxurrada de closes no elenco hebreu. Aqui, vale registrar: os efeitos especiais, encomendados a um estúdio em Los Angeles, ganharam novo acabamento e seguraram a onda na tela grande.
Para os fiéis ao folhetim, a versão do cinema reserva poucas novidades: um ou outro spoiler da segunda temporada e o sucessor de Moisés, Josué (Sidney Sampaio), mais maduro, vira o narrador da história em novas cenas.
Para quem não viu a novela, mas tem preguiça de assistir a todos os episódios, disponíveis na Netflix desde o ano passado e na plataforma R7 Play, fica a chance de tentar entender o porquê de "Os Dez Mandamentos" ter feito tanto sucesso. Ou, ao menos, saber o que 3,5 milhões de lares brasileiros, segundo o Ibope, assistiram na TV em 2015.
Com 2,4 milhões de ingressos vendidos antecipadamente -em parte, graças a uma campanha massiva de divulgação da Record e da Igreja Universal-, "Os Dez Mandamentos" estreia nesta quinta-feira (28).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 08/12

ÂNGELO RODRIGUES, 70 anos

CALIFÓRNIA
ENACIR MARIA CARDOSO, 53 anos

JANDAIA DO SUL 08/12

MARIA DO ROSARIO DE SOUZA BORGES, 50 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60