Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Christine Macel, do Pompidou, estará à frente da próxima Bienal de Veneza

Loading...

ENTRETENIMENTO

Christine Macel, do Pompidou, estará à frente da próxima Bienal de Veneza

SILAS MARTÍ
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Principal curadora do Centro Georges Pompidou, em Paris, Christine Macel será a diretora artística da próxima Bienal de Veneza --esta que é um das maiores e a mais tradicional mostra de arte contemporânea no mundo anunciou neste sábado (23) o nome da francesa como curadora de sua 57ª edição, marcada para 13 de maio de 2017 na cidade italiana.
Macel está desde 2000 no cargo de curador-chefe do Pompidou, um dos museus mais respeitados do mundo. Na instituição parisiense, ela foi responsável por instituir um departamento dedicado ao que chamou de "criação contemporânea e prospectiva".
Também no Pompidou, Macel organizou grandes mostras retrospectivas de artistas de peso, como o albanês Anri Sala e os franceses Philippe Parreno e Sophie Calle. Ela também esteve à frente do pavilhão francês na Bienal de Veneza há três anos, para o qual levou trabalhos de Sala, e foi uma das organizadoras do pavilhão belga, com obras de Eric Duyckaerts em 2007, além de ter organizado outras exposições em museus como o Whitney, em Nova York.
Sua edição da Bienal de Veneza seguirá a polêmica direção do nigeriano Okwui Enwezor, último curador a comandar a mostra. Em 2015, Enwezor fez de Veneza uma plataforma de protesto contra o fato de pouquíssimos artistas negros serem representados no evento, organizando então a mostra com o maior número de nomes da África nos 120 anos de história da mostra italiana.
O presidente da Bienal de Veneza, Paolo Baratta, disse em nota que a experiência de Macel no Pompidou "lhe ofereceu um ponto de vista privilegiado e rico em potencial a partir do qual é possível observar e identificar novas energias vindo de várias partes do mundo".
Ainda de acordo com Baratta, Macel foi o nome escolhido com base no fato de "estarmos vivendo numa era de ansiedade" e por seu "comprometimento em enfatizar o papel importante que artistas desempenham ao inventar seus próprios universos e injetar vitalidade no mundo em que vivemos".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1881 · 30/11/2016

03 10 30 44 53 56