Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Fluidos positivos: União das almas

Loading...

COLUNA

Fluidos positivos: União das almas

Fluidos positivos: União das almas (Imagem ilustrativa)

Um dos questionamentos mais complexos e íntimos é sobre relacionamentos, pois um casamento pode ser coroado de felicidade e cumplicidade, outro de companheirismo ou aprofundar-se no desencontro e na infelicidade. Cada sentimento está estabelecido em uma alma reencarnada no plano material. E, cada alma, possui um ciclo evolutivo, podendo ter diversos relacionamentos amorosos, poucos ou às vezes nenhum. Depende do livre arbítrio de cada uma. Mas nesse vaivém, todas estão à procura de um (a) parceiro (a) ideal ou melhor: a tão sonhada alma gêmea. No entanto, será que ela existe?

Não existe regra concreta para definir um encontro de almas gêmeas ou a receita para o tão sonhado par ideal. Porém, o que vale acreditar é que em algum lugar desse imenso universo existe uma alma generosa, pura, serena, companheira e compreensiva à sua espera.

Nesse relacionamento não existe mágoas, frustrações e os desentendimentos são poucos e as crises passageiras. A atração física fica em segundo plano, visando primeiramente a parte espiritual e intelectual. E com o passar dos anos, essa cumplicidade fica cada vez mais sólida só se desfazendo com o desencarne de algumas das partes. 

Nessa separação, talvez elas se encontrem em algum lugar no plano espiritual. Já as almas companheiras, são aquelas que se unem com um mesmo propósito, aprendendo as mesmas lições a fim de se aperfeiçoarem cada vez mais. Esse tipo de relacionamento possui um certo equilíbrio. É óbvio que há alguns altos e baixos, mas é provável que seja passageiro. 

Quanto aos relacionamentos das almas cármicas, é uma aproximação do carma mútuo, vindo recheado de briga, ódio, ciúmes, posse, apego, traição originando muitas vezes em crimes, onde o carma se acumula ainda mais. Infelizmente, este tipo de relacionamento é o de maior escala no plano material. Quando um casamento ou relacionamento cármico se desfaz, é porque o Elo Cármico tinha que ser até aquele período.

Portanto, para haver um equilíbrio entre as almas cármicas, é necessário começar a dar prioridade a evolução na luz divina, ampliando sua energia no amor, na compreensão, no respeito e, principalmente, começar ver as qualidades de ambas as partes. Este é um bom indicador do verdadeiro amor para que o relacionamento não esteja fadado ao fracasso, deixando para trás mágoas e ressentimentos.


Fonte: algumas sugestões da Internet
 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias