Tribuna do Norte Online
Saiba Agora
Últimas notícias
    Você está em

    Economia

    Sinal de pacificação no governo eleva Ibovespa aos 83 mil pontos

  • Escrito por Da Redação
    Publicado em 21/05/2020 Editado em 21/05/2020

    Sinais de pacificação entre os Poderes impulsionam o Ibovespa, que retomou os 83 mil pontos na manhã desta quinta-feira, 21. "Parece que ficou acertado, aparentemente, com governadores e o governo, o veto ao aumento de salários a servidores", disse um operador. "Isso que deu um salto aqui, fazendo com que a B3 fique descolada de fora", acrescentou.

    Às 11h20, o Ibovespa subia 2,4%, aos 83,208,73 pontos, enquanto em NY os sinais eram mistos. O índice brasileiro já subiu cerca de 1.900 pontos ante o fechamento de ontem (81.319,45 pontos).

    Investidores avaliaram como positiva a reunião ocorrida hoje entre o governo e governadores, avaliando como positivas as falas dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), além da afirmação do presidente Jair Bolsonaro de que sancionará o projeto de socorro a Estados e municípios o mais rápido possível, após ajustes.

    O mercado aguarda os detalhes do encontro, pois há o temor do não veto a aumento salarial a servidores públicos, contrapartida do Ministério da Economia, para evitar mais avanço fiscal.

    Alcolumbre disse que houve construção, liderada pelo ministro Paulo Guedes (Economia), de proposta de ajuda aos entes. Conforme ele, hão há divisão entre Executivo, Legislativo e Judiciário. "Chegou a hora de todos darmos as mãos e levantarmos uma bandeira branca", disse. Alcolumbre disse que a reunião hoje com o Bolsonaro, Maia, ministros e governadores é um momento "histórico na reconstrução do País". Não há uma "divisão" entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, afirmou.

    A alta de 1,35% do minério de ferro hoje, no porto chinês de Qingdao, e a elevação acima de 2% do petróleo no exterior ajudam nos ganhos à B3. "Essa valorização das commodities pode ajudar. Seria importante o Ibovespa manter o nível dos 81 mil pontos de ontem 81.319,45 pontos e até mesmo buscar os 83 mil pontos, e firmar-se nessa marca", diz o economista-chefe do ModalMais, Álvaro Bandeira.

    Além disso, a notícia de que a China vai alterar suas regras de inspeção alfandegária para o minério de ferro da Austrália, principal produto de exportação do país, a partir de 1º de junho, pode beneficiar o Brasil. Existem expectativas de que a mudança nos procedimentos seja usada para favorecer o País, que é o segundo maior fornecedor mundial da commodity para o governo chinês. A possibilidade é que as exportações brasileiras de minério sejam liberadas com mais agilidade nos portos chineses e que as australianas fiquem retidas.

    "Ainda temos de avaliar a notícia com cautela, esperar os detalhes. A princípio, parece positiva, mas com o crescimento dos casos de coronavírus no Brasil, que pode afetar a produção, talvez as exportações para o país asiático sejam afetadas não subam", descreve Luiz Roberto Monteiro, operador de mesa institucional da Renascença.

    "Essa atitude do governo chinês é uma resposta à retaliação australiana, que subiu o tom. Se o Brasil ficar quieto, pode se beneficiar", avalia o estrategista-chefe do Grupo Laatus, Jefferson Laatus.

    As ações da Vale cediam 0,76%, às 11h33, enquanto os papéis da Petrobrás avançavam mais de 1%. As ações de exportadoras caíam na faixa de 3,00%, caso de Suzano, refletindo a queda do dólar de mais de 2%, a R$ 5,581. O setor financeiro, por sua vez, aproveitava para recuperar perdas recentes, subindo na faixa de 4%, bem como ações de construtoras: Cyrela e BR Malls tinham ganhos acima de 6%.

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    TNTV

    Quadro de artista participou de exposição em Dubai

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!

    Deixe seu comentário sobre: "Sinal de pacificação no governo eleva Ibovespa aos 83 mil pontos"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Principais matérias