Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

ATUALIZADA - Quase 10 mil lojas fecharam as portas no país no 1º trimestre

Loading...

ECONOMIA

ATUALIZADA - Quase 10 mil lojas fecharam as portas no país no 1º trimestre

MAELI PRADO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O varejo fechou as portas de 9.900 estabelecimentos no primeiro trimestre deste ano, informou nesta quinta-feira (6) a CNC (Confederação Nacional do Comércio).

Apesar do saldo negativo, o número ainda é melhor do que o apresentado no quarto trimestre do ano passado, quando 15,5 mil estabelecimentos foram fechados, ou o período de janeiro a março de 2016, quando 37,1 mil lojas fecharam as portas.

A última vez em que o varejo havia aberto mais lojas que fechado foi em 2014, com a criação de 2.000 estabelecimentos.

O fenômeno foi classificado pelo economista da CNC, Fabio Bentes, de "despiora".

"A queda no número de lojas fechadas em relação ao primeiro trimestre do ano passado foi de 75%. É um sinal de 'despiora', de que o varejo passa por transição. Há números positivos e negativos se intercalando, enquanto no ano passado, por exemplo, estava tudo no vermelho", afirmou.

ZERO A ZERO

A expectativa é de que 2017 feche no "zero a zero" na comparação com o ano passado. "Essa é nossa aposta tanto para abertura de lojas quanto de geração de emprego", afirmou Bentes.

Ainda há a expectativa de que sejam abertas entre 2.000 e 3.000 vagas no varejo neste ano, o que é considerado quase estabilidade. Em 2016, foram fechadas 177 mil postos de trabalho formais no setor.

HIPERMERCADOS

O segmento do varejo que mais fechou lojas no primeiro trimestre foram os hipermercados, com um saldo de 3.700 estabelecimentos a menos. Em seguida vêm vestuários e calçados (-1.700 lojas) e artigos pessoais e de uso doméstico (-1.200).

A expectativa da CNC é que o varejo tenha aumento no volume de vendas de 1,2% em 2017 na comparação com o ano passado. No primeiro quadrimestre do ano, houve queda de 1,8% ante mesmo período do ano passado.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias