Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Senado aprova indicado para presidir Cade

Loading...

ECONOMIA

Senado aprova indicado para presidir Cade

TALITA FERNANDES E MARIANA CARNEIRO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (20) duas indicações para o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica): Alexandre Barreto de Souza para o cargo de presidente e Maurício Oscar Bandeira Maia para conselheiro do órgão.

Ambos tiveram suas indicações alvo de questionamentos por terem uma carreira pouco usual para o órgão. Os dois são egressos do TCU (Tribunal de Contas da União) e têm formação e carreira na administração pública, são servidores com passagem por ministérios e pelo Senado, currículo bastante diferente dos quadros que costumam ingressar no Cade, formado por economistas e advogados reconhecidos na academia.

Barreto desbancou nomes de peso na concorrência pela indicação ao Cade, como o do advogado Roberto Pfeiffer e do economista Leonardo Rezende, PhD pela Universidade de Stanford (EUA) e professor da PUC-RJ.

JBS

A troca na presidência do Cade foi objeto da conversa gravada entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer. A J&F, segundo Joesley, tem interesse em um caso que tramita no conselho, uma disputa entre a Petrobras e uma termelétrica do grupo do empresário.

Na conversa gravada no Palácio do Jaburu em março, Joesley pergunta a Temer se a presidência do Cade já havia sido alterada e a resposta é afirmativa. No mês seguinte, as indicações de Barreto e Maia foram oficializadas pelo presidente.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias