Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Número de linhas de celulares ativas no país registra nova queda em janeiro

Loading...

ECONOMIA

Número de linhas de celulares ativas no país registra nova queda em janeiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O número de linhas de celulares ativas no país caiu 5,38% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O total de linhas móveis registradas no país em janeiro deste ano foi 243,42 milhões. Em comparação com dezembro de 2016, a queda no número de linhas foi 0,27%. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a queda do número de celulares é consequência da redução da tarifa de interconexão, que é o valor cobrado entre empresas fixas e móveis para a realização das ligações, e do valor de remuneração de uso de rede, praticado entre as operadoras de celulares. “Com preços menores das ligações de uma empresa para outra, os consumidores cancelaram os chips de diferentes prestadores. A desaceleração econômica também contribuiu para encolhimento da base de acessos móveis”, explica a Anatel.

Segundo especialistas, além da redução no valor das ligações, a queda no número de celulares no país pode ser explicada pela mudança na forma de comunicação dos brasileiros, que estão deixando de usar o telefone para falar e usando mais aplicativos de troca de mensagens.

A queda maior no número de linhas foi registrada na modalidade pré-paga. Nos últimos 12 meses, os acessos pré-pagos sofreram queda de 10,88%, redução de 20,00 milhões de linhas móveis. Já os pós-pagos tiveram aumento de 6,17 milhões de linhas (8,41%).

No ano passado, foi registrada uma queda de 13,7 milhões linhas de telefonia móvel, o que representa um decréscimo de 5,33% no número de linhas ativas em relação a 2015.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias