Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Saques da poupança superam depósitos em R$ 10,7 bi em janeiro

Loading...

ECONOMIA

Saques da poupança superam depósitos em R$ 10,7 bi em janeiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Banco Central informou nesta segunda-feira (6) que os brasileiros retiraram R$ 10,73 bilhões a mais do que depositaram na poupança em janeiro. O resultado é o segundo pior para meses de janeiro desde o início da série histórica do BC, em 1995. O pior saldo negativo em janeiro permanece o registrado para 2016, quando a poupança ficou negativa em R$ 12 bilhões. As informações são da Agência Brasil.

O saldo negativo de janeiro de 2017 também é o terceiro pior da poupança em todos os meses, desde 1995. No mês passado, os saques na poupança somaram R$ 176,85 bilhões, superando os depósitos, que ficaram em a R$ 166,12 bilhões. O valor total nas contas ficou em R$ 658,56 bilhões. O volume dos rendimentos creditados nas cadernetas dos investidores alcançou R$ 4,31 bilhões.

Alguns fatores têm contribuído para a fuga de recursos da poupança. A alta da inflação contribui para a perda de atratividade da aplicação e vem influenciando a poupança desde 2015. No mês passado, no entanto, houve a primeira sinalização de arrefecimento da alta de preços.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) fechou 2016 em 6,29%, o que sinaliza uma desaceleração. Isso significa que o IPCA terminou o ano passado abaixo do teto da meta estabelecida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), de 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

A taxa básica de juros da economia, Selic, quando está elevada, também torna a poupança menos atraente. Reagindo à queda da inflação, em sua primeira reunião de 2017, o Copom (Comitê de Política Monetária) do BC reduziu a Selic em 0,75 ponto percentual. No momento a taxa está em 13% ao ano. O presidente da autoridade monetária, Ilan Goldfajn, disse que este deve ser o "novo ritmo" de redução da taxa.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 20/02

FABRÍCIO FERRAZ FRANCO, 18 anos
PAULO CESAR RECHE ACOSTA, 59 anos 

APUCARANA 19/02

LAZARO HESS, 61 anos 
LUIZ ANTONIO AMADO, 64 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1904 · 18/02/2017

12 15 18 21 51 56