Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Montadoras destacam produção nos EUA para agradar a Donald Trump

Loading...

ECONOMIA

Montadoras destacam produção nos EUA para agradar a Donald Trump

EDUARDO SODRÉ, ENVIADO ESPECIAL

DETROIT, EUA (FOLHAPRESS) - Ao apresentar o utilitário de grande porte Atlas no Salão de Detroit, a Volkswagen estampou em seu telão a frase "desenvolvido e produzido nos EUA". A Honda também fez questão de ressaltar que o câmbio de dez marchas da minivan Odissey é "made in USA". Essas declarações públicas não deixam dúvidas: Donald Trump está presente no evento.

Planos de produção não surgem do dia para a noite na indústria automotiva. Tais decisões fabris já haviam sido tomadas há tempos, e eram conhecidas. O que as montadoras fazem agora é mandar um recado ao presidente eleito dos Estados Unidos, da mesma forma que ele tem feito via redes sociais.

O que existe hoje são expectativas sobre promessas de sobretaxa a produtos produzidos no México. Seria uma mudança de regra radical, típica de tantas que já ocorreram no Brasil. Contudo, não é uma prática comum na América do Norte.

"A indústria automotiva mexicana se preparou para lidar com o mercado norte-americano. Se esse mercado não existisse, toda a produção daquele país teria sua existência ameaçada", disse Sergio Marchionne, presidente do grupo FCA (Fiat e Chrysler), em entrevista coletiva nesta segunda-feira (9), no Salão de Detroit.

O executivo não se esquivou de perguntas sobre o tema Trump, mas ressaltou que ainda não tinha resposta a dar. "Precisamos de clareza, e não somos os únicos que precisam", afirmou.

Para Marchionne, tanto a FCA -que também fez anúncio de investimento nos EUA- como outras montadoras devem adiar quaisquer planos de investimento em suas fábricas no México.

De acordo com o Center for Automotive Research de Ann Arbour (Michigan), foram investidos US$ 24 bilhões desde de 2010 na produção de carros no México. A maior parte deles foi exportada para os EUA. A demanda dos americanos nunca foi tão grande: foram vendidas cerca de 17,5 milhões de automóveis ao longo de 2016, um novo recorde.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1904 · 18/02/2017

12 15 18 21 51 56