Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Quem está na mira do pente-fino do INSS

Loading...

ECONOMIA

Quem está na mira do pente-fino do INSS

530 mil segurados com auxílio-doença concedido há mais de dois anos

1,2 milhão de aposentados por invalidez com menos de 60 anos

R$ 4,3 bilhões é quanto o governo espera economizar com cortes de benefícios por incapacidade em dois anos

O que emperrou o pente-fino

1. A medida provisória que o governo enviou criando o pente-fino perdeu a validade porque não foi aprovada a tempo no Congresso

2. Como a medida caducou, o governo não pode pagar o bônus de R$ 60 por perícia da revisão

3. Além disso, o acordo salarial fechado com os peritos, que prevê reajuste de 27,9% até 2019, ainda não foi para votação

Quem entra no pente-fino >>Auxílios-doença e aposentadorias por invalidez concedidas há mais de dois anos >>Apenas benefícios que não passaram por perícia desde 2014 terão que ser reavaliados

Primeiros lote >>O INSS começou a revisar os auxílios-doença concedidos na Justiça >>Nos dois primeiros lotes estavam sendo convocados os segurados mais jovens, de até 45 anos

Idosos >>Aposentados por invalidez que têm 60 anos ou mais não precisam passar por perícia de revisão >>Já os idosos que recebem auxílio-doença serão convocados

O que fazer enquanto espera a perícia de revisão >>Apesar de as perícias estarem todas paradas no INSS, o segurado não deve perder tempo >>Ele pode aproveitar esse intervalo para agendar consultas e exames médicos que comprovem que não tem condições de voltar a trabalhar >>Também é importante reunir exames mostrando que o trabalhador tem feito tratamento médico

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias