Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Queda de preço do combustível deve ser de 5 centavos 

Loading...

​PETROBRAS

Queda de preço do combustível deve ser de 5 centavos 

- Atualizado em 15/10/2016 22:11
Redução de preços de combustíveis anunciada ontem pela Petrobras  | Foto: Sérgio Rodrigo

A redução de preços de combustíveis anunciada na sexta-feira (14) pela Petrobras não deve gerar muito impacto no bolso dos consumidores. A expectativa dos postos de gasolina é de uma queda de R$ 0,05 no preço final. Segundo estimativa da Petrobras, se a redução aplicada na refinaria (de 2,7% no diesel e de 3,2% na gasolina) for integralmente repassada ao consumidor final, o diesel pode cair 1,8%, ou R$ 0,05 por litro, e a gasolina pode cair 1,4%, também R$ 0,05 por litro. 

De acordo com os postos de combustíveis de Apucarana, além de tímida, a redução deve demorar um pouco para aparecer nas bombas. “O reajuste será passado para as refinarias primeiro. Depois, deve ir para as distribuidoras, que ainda têm um grande estoque de combustíveis nos preços antigos. Só quando esse estoque for renovado é que elas passarão os novos preços para os postos e, então, chegará ao consumidor. Acredito que isso deva acontecer em cerca de uma semana”, explica o gerente de um posto em Apucarana, Maurício Rodrigues. 

Os estabelecimentos estão esperando o reajuste com otimismo. “Apesar da estimativa de R$ 0,05 de redução, acredito que é uma medida positiva”, ressalta Orestes Bobeki, gerente de outro posto de combustíveis da cidade.

Novos valores devem demorar cerca de uma semana para chegar às bombas | Foto: Delair Garcia

“Acredito que o impacto será maior por conta do diesel, que move a grande maioria dos transportes terrestres no país. Num momento de crise, baratear o transporte, mesmo que em um patamar não muito elevado, é importante. O certo é que, assim que recebermos essa redução, devemos repassar ao consumidor”, diz Orestes. Segundo a Petrobras, as revisões de preços passarão a ser mensais. A última mudança nos preços dos combustíveis foi há mais de um ano, em setembro de 2015, quando a gasolina ficou 6% mais cara nas refinarias.

A estatal informou que a medida faz parte de uma nova política de preços, que leva em conta o preço do petróleo no mercado internacional e uma margem para lucro e impostos. O novo preço começa a valer a partir de segunda-feira.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41