Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lojas Americanas querem comprar fatia da BR Distribuidora

Loading...

ECONOMIA

Lojas Americanas querem comprar fatia da BR Distribuidora

- Atualizado em 13/10/2016 20:15

LUCAS VETTORAZZO

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - As Lojas Americanas manifestaram, nesta quinta-feira (13), interesse em participar do processo de aquisição de fatia da BR Distribuidora, empresa de postos de gasolina e distribuição de combustíveis da Petrobras.

Em fato relevante divulgado nesta quinta, a Americanas afirmou que tem interesse, mas ainda não fechou um valor a ser oferecido.

No início deste mês, a Petrobras anunciou que pretende vender 51% do capital votante da BR, que hoje é 100% da estatal.

Em nota, a Americanas afirmou que está "continuamente analisando potenciais operações que agregues valor aos seus acionistas".

"Nesse sentido, a Companhia manifestou interesse em participar do processo de aquisição e avaliar esta oportunidade de negócio, inexistindo, no momento, definição quanto à futura apresentação de proposta para aquisição de participação na BR Distribuidora", afirma, em nota.

A venda da BR faz parte do programa de desinvestimento da Petrobras. Atolada em uma dívida de quase meio bilhão de reais, a empresa precisa fazer caixa. Além da venda de ativos, a empresa promove um grande arrocho em seus custos.

A decisão de vender o controle da BR foi tomada na Petrobras em julho, após negociações fracassadas para a venda de participação minoritária na empresa.

A Petrobras defende que o novo modelo "atrai o maior interesse do mercado e tem como objetivo maximizar o valor do negócio de distribuição de combustíveis".

A BR Distribuidora é hoje líder do mercado nacional, com 35% de participação, de acordo com dados do Sindicato das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom).

O BTG Pactual calcula que a empresa pode render aproximadamente US$ 3 bilhões à Petrobras.

Até agora, a estatal anunciou operações de vendas de ativos no valor de US$ 9,8 bilhões, o equivalente a 65% da meta estipulada para o biênio 2015-2016.

O novo plano de negócios da companhia trouxe uma meta adicional, de US$ 19,5 bilhões para o período entre 2017 e 2018.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41