Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

ATUALIZADA - Itaú compra varejo do Citibank no Brasil por R$ 710 milhões

Loading...

ECONOMIA

ATUALIZADA - Itaú compra varejo do Citibank no Brasil por R$ 710 milhões

- Atualizado em 08/10/2016 11:15

TÁSSIA KASTNER

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Itaú pagou R$ 710 milhões pela operação de varejo do Citibank no Brasil. A aquisição foi anunciada na manhã deste sábado (8), após quase 10 meses desde que o Citi informou o plano de se desfazer de suas operações neste segmento no país. O banco americano atende essencialmente clientes de alta renda e tem 315 mil correntistas no país, informou o Itaú.

Na aquisição, o banco brasileiro adquiriu carteira de crédito, cartões de crédito, depósitos, gestão de recursos e corretagem de seguros e as 71 agências que o Citi tem hoje nas principais regiões do país. São R$ 35 bilhões entre depósitos e ativos sob gestão, 1,1 milhão de cartões de crédito emitidos e carteira de crédito no valor de R$ 6 bilhões de reais. Após a aquisição, o Itaú Unibanco passará a ter R$ 1,404 trilhão em ativos.

Segundo Marcelo Kopel, diretor de Relações com Investidores do Itaú Unibanco, a transação reforça a atuação do Itaú no mercado de alta renda, já que a base de clientes do Citibank no país é majoritariamente composta por clientes desse segmento.

O Citi continuará no país atendendo aos clientes de Corporate and Investment Banking, Commercial Bank e Private Bank no país.

"O Brasil é um mercado estratégico para o Citi e parte essencial da nossa presença e rede globais", disse Jane Fraser, CEO do Citi na América Latina, em nota. "Estamos no Brasil há mais de 100 anos e continuaremos a crescer a nossa franquia líder de mercado, servindo nossos clientes institucionais e de private banking, alavancando nossa presença global e gerando melhores retornos sobre nossos ativos e capital para os nossos acionistas."

A compra ainda precisará receber o aval do Banco Central e do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

A DISPUTA PELA ALTA RENDA

Os bancos têm acelerado a disputa pelos clientes de alta renda (geralmente com renda acima de R$ 10 mil), que oferecem mais chances de vendas de produtos e serviços. Há alguns meses o Itaú informou que tinha cerca de 900 mil clientes enquadrados no Personnalité, atrás do Banco do Brasil, que afirma ter mais de 1 milhão de correntistas atendidos no segmento Estilo.

O Santander entrou na disputa pela operação de varejo do Citi no Brasil. O banco planejava se posicionar como o único estrangeiro no país, após a venda do HSBC e do Citi, e tem em torno de 150 mil clientes no segmento Select.

CONSOLIDAÇÃO

Neste sábado, o Bradesco faz a migração dos clientes do HSBC para sua operação, após ter pago R$ 16 bilhões pela operação brasileira do banco inglês. O Cade impôs restrições a novas aquisições pelo Bradesco por 30 meses ao aprovar a operação, em uma tentativa de inibir a concentração bancária no país.

Hoje, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa e Santander praticamente controlam as operações bancárias no Brasil.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 08/12

ÂNGELO RODRIGUES, 70 anos

CALIFÓRNIA
ENACIR MARIA CARDOSO, 53 anos

JANDAIA DO SUL 08/12

MARIA DO ROSARIO DE SOUZA BORGES, 50 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60