Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bolsa sobe 3% e dólar recua 2% com ação da PF contra Lula

Loading...

ECONOMIA

Bolsa sobe 3% e dólar recua 2% com ação da PF contra Lula

EULINA OLIVEIRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pelo segundo dia seguido, o mercado financeiro brasileiro se descola totalmente do exterior e se fixa no quadro político interno, reagindo nesta sexta-feira (4) à notícia de que a Polícia Federal realizou nesta manhã a 24ª fase da Operação Lava Jato no prédio do ex-presidente Lula e de seu filho Fábio Luis.
O Ibovespa sobe cerca de 3% -com destaque para a valorização das ações das estatais Petrobras e Banco do Brasil- e o dólar recua mais de 2%. Os juros futuros operam em baixa, assim como o CDS brasileiro, uma espécie de seguro contra o calote da dívida do país.
O real apresentava a maior valorização ante o dólar entre as moedas de países emergentes. Após ter perdido mais de 3% mais cedo, o dólar à vista recuava há pouco 2,24%, a R$ 3,7209, e o dólar comercial perdia 1,97%, a R$ 3,7280.
Os juros futuros também caíam, influenciados pela baixa do dólar: o contrato de DI para janeiro de 2017 passava de 14,040% na véspera para 14,035%; o contrato de DI para janeiro de 2021 recuava de 15,070% para 14,680%.
Após recuar 3,42% nesta quinta-feira (3), o CDS (credit default swap) brasileiro -outro indicador da percepção de risco da economia- caía 4,50%, para 413,255 pontos.
O principal índice da Bolsa paulista, que chegou a ganhar 6% e bater nos 50 mil pontos mais cedo, avançava há pouco 3,02%, aos 48.620,94 pontos. As ações preferenciais da Petrobras subiam 9,13%, a R$ 7,17, e as ordinárias ganhavam 7,46%, a R$ 9,79. As ações ordinárias do Banco do Brasil tinham alta de 10,29%, a R$ 18,32.
Também apresentam alta expressiva os papéis do setor financeiro, Vale e siderúrgicas. A exceção eram os papéis de exportadoras, que recuavam com a queda do dólar.
A fase da Operação Lava Jato deflagrada nesta sexta-feira, batizada de Aletheia, apura se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai favoreceram Lula por meio do sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá. O ex-presidente nega as acusações.
"A notícia do dia que os mercados estão repercutindo é, sem dúvida, a condução coercitiva de membros da família Lula da Silva. De ontem (3) para hoje tudo ganhou enorme velocidade e a situação fica quase insustentável. Os mercados reagem a tudo isso e certamente vamos ter mais um dia de descolamento dos mercados externos", afirma Alvaro Bandeira, economista-chefe da corretora Modalmais, em relatório.
EXTERIOR
Nos EUA, os índices acionários abriram em queda: Dow Jones (-0,16%), S&P 500 (-0,18%) e Nasdaq (-0,27%). Na Europa, a maioria das Bolsas opera em alta: Londres (+0,54%), Paris (+0,56%), Frankfurt (+0,23%), Madri (+0,22%) e Milão (-0,96%).
As Bolsas chinesas subiram pelo quarto dia seguido nesta sexta-feira, com a queda dos papéis de empresas com menor valor de mercado sendo compensada pela alta dos bancos diante da especulação de que investidores apoiados pelo governo ajudaram a estabilizar o mercado antes da reunião do Parlamento do país.
Já o petróleo é negociado com alta moderada no mercado internacional: em Londres, o Brent ganhava há pouco 0,32%, a US$ 37,19 o barril; nos EUA, o WTI avançava 0,23%, a US$ 34,65 o barril.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57