Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Recessão enfraquece intenção de compra nos EUA, aponta pesquisa

Loading...

ECONOMIA

Recessão enfraquece intenção de compra nos EUA, aponta pesquisa

VINICIUS PEREIRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A recessão econômica que o Brasil enfrenta enfraquece a intenção de compra da população no exterior. Pesquisa divulgada pelo Google mostra que a busca dos brasileiros sobre compras nos EUA vem caindo no site, principalmente nos últimos dois anos.
A culpa desta diminuição na demanda é de uma indigesta combinação, acentuada desde 2013, de queda na renda e de câmbio desfavorável aos brasileiros.
De acordo com o levantamento, o auge nas buscas sobre compras em Miami, na Flórida, ocorreu em dezembro de 2010 -ano em que o PIB do Brasil teve o maior crescimento da década, com 7,6%, e o dólar esteve cotado abaixo dos R$ 2.
Com mais renda e uma moeda mais forte, os brasileiros atingiram o ápice na intenção de consumo na cidade americana, símbolo do turismo de compras.
Segundo a pesquisa, que não divulga os números absolutos de busca, dezembro de 2010 registrou a máxima histórica e por isso recebeu o número 100. No mesmo mês, as buscas por compras em Orlando foram de 29, enquanto que compras em Nova York ficaram em 11.
"Na decisão de compra, duas coisas importam: renda e preço. A economia cresceu 7,6% em 2010 e o câmbio era extremamente favorável. Isso criou um ambiente perfeito para o consumidor ir aos EUA", afirma Clemens Nunes, professor da FGV.
A degradação na economia brasileira, contudo, fez com que as buscas pelo consumo no país norte-americano despencassem.
A queda mais acentuada foi justamente no final de 2015, ano em que economistas projetam queda de 3,5% no PIB do país e a moeda americana acima dos R$ 4. Segundo a pesquisa, em dezembro, o número de buscas por compras em Miami atingiu 11. Nova York e Orlando ficaram com 9 e 12, respectivamente.
Em dezembro de 2014, quando a crise ainda não era latente, as buscas sobre compras nos EUA estavam superiores às do mesmo mês do ano passado. A procura por Miami era 31, por Orlando 30 e por Nova York 11.
"A partir de 2013 é reversão. A economia começa a desacelerar, passando pela estagnação e agora a recessão. Além disso, a taxa de câmbio começa a inverter ante o dólar", afirma Nunes.
RENDA PER CAPITA
Na divisão estadual no interesse por compra nos EUA, o Distrito Federal e o Estado de São Paulo lideram as buscas, de acordo com o Google.
Enquanto que a intenção de consumo atinge 100 no Distrito Federal, ela fica em 66 em São Paulo, 54 no Rio de Janeiro e 53 em Goiás.
"Esses Estados têm as economias com renda per capita mais elevadas. O Distrito Federal possui o maior poder de compra, enquanto que São Paulo corresponde por um terço do PIB do Brasil. São locais onde as pessoas têm renda mais elevada para o consumo no exterior", conclui Nunes.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

24/05/2017 - 09h30