Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Com crise, Brasil perde 23 bilionários em um ano, aponta revista Forbes

Loading...

ECONOMIA

Com crise, Brasil perde 23 bilionários em um ano, aponta revista Forbes

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Passando por uma recessão econômica, o Brasil perdeu 23 bilionários neste ano em relação a 2015, segundo o ranking mundial divulgado nesta terça-feira (1º) pela revista norte-americana Forbes. O número de brasileiros entre os mais ricos do mundo passou de 54 para 31.
Na 19ª posição, Jorge Paulo Lemann, 76, é o melhor colocado, com uma fortuna estimada em US$ 27,8 bilhões. Lemann subiu sete posições em relação ao ano passado.
A revista credita a fortuna a sua participação na Anheuser-Busch InBev, a maior cervejaria do mundo, que ele detém através do fundo de investimentos 3G Capital, dono ainda de marcas como Heinz e Burger King. "Lemann é um ex-tenista brasileiro que jogou em Wimbledon. Ele vive na Suíça desde 1999, depois de uma tentativa de sequestro de seus filhos", diz a revista.
Integram a lista também parceiros brasileiros de Lemann no 3G Capital, Marcel Herrmann Telles (68º) e Carlos Alberto Sicupira (87º), com US$ 13,1 bilhões e US$ 11,5 bilhões, respectivamente.
Lemann é seguido por Joseph Safra, na 42ª posição -em 2015, ele era o 52º do ranking. "Descendente de uma família de banqueiros que vêm da Síria, é o banqueiro mais rico do mundo", diz a revista. A fortuna de Safra é avaliada em US$ 17,2 bilhões.
A lista inclui ainda nomes como Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, membros das famílias Roberto Marinho, dona da Rede Globo, e Moreira Salles, do Itaú Unibanco, o empresário Abilio Diniz, entre outros.
QUEDA GERAL
Não foi apenas o Brasil que registrou queda no número de bilionários. Os nomes no ranking passaram de 1.826 em 2015 (um recorde) para 1.810 neste ano. Juntas, suas fortunas somam US$ 6,48 trilhões -US$ 570 bilhões a menos que no ano passado.
"Mercados acionários voláteis, quedas nos preços do petróleo e um dólar mais forte levaram a uma reorganização na dinâmica da riqueza em todo o mundo", explica a Forbes.
Bill Gates, fundador da Microsoft, continua sendo o homem mais rico do mundo, com uma fortuna de US$ 75,8 bilhões. Amancio Ortega, da Zara, passou da quarta para a segunda colocação, com US$ 68,2 bilhões. Em terceiro lugar, assim como no ano passado, está Warren Buffett, também parceiro em investimentos da 3G Capital.
EXTREMOS
Com 19 anos e US$ 1,2 bilhão, a norueguesa Alexandra Andresen é a bilionária mais nova do ranking. Os Andresen são uma família de renome há mais de cem anos na Noruega, inicialmente por sua marca de tabaco Tiedemanns. O pai de Alexandra, Johan Andresen, transferiu 42% da Ferd, empresa de investimentos da família, para cada uma das filhas -Alexandra tem uma irmã de 20 anos, Katharina, que está em segundo lugar na lista.
No outro extremo, o centenário norte-americano David Rockefeller é o senhor mais velho e mais rico da lista. Único neto vivo do magnata do petróleo John D. Rockefeller, David tem uma fortuna de US$ 3 bilhões.
Entre as mulheres, a mais rica do mundo é também a bilionária número um da França: Liliane Bettencourt, 93, dona da L'Oréal.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 24/02

MARIA DE OLIVEIRA MARICATO, 74 anos
CACILDA LEITE DE SOUZA, 82 anos

IVAIPORÃ 23/02

MARIA JOSÉ PEREIRA, 90 ANOS
MARTA MARIA DA SILVA OLIVEIRA, idade não divulgada
SEBASTIANA RECHE RIBEIRO, 87 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48