Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

'Inflação do aluguel' acumula alta de 12,08% em 12 meses até fevereiro

Loading...

ECONOMIA

'Inflação do aluguel' acumula alta de 12,08% em 12 meses até fevereiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado) acelerou e acumulou alta de 12,08% nos 12 meses encerrados em fevereiro, informou a FGV (Fundação Getulio Vargas) nesta sexta-feira (26). No ano, a variação é de 2,44%. O índice é usado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis.
No mês, o IGP-M avançou 1,29%, ante alta de 1,14% em janeiro. Em fevereiro de 2015, o índice havia variado 0,27%.
A FGV informou que o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, acelerou a alta a 1,45% em fevereiro, contra 1,14% em janeiro.
Os preços dos Produtos Agropecuários no IPA subiram 2,37%, após alta de 2,17% em janeiro e de 1,49% em dezembro do ano passado.
As principais altas dentro do IPA foram milho (17,79%), ovos (8,88%) e mandioca (8,47%). Em contrapartida, entre as baixas mais significativas, apareceram tomate (-15,81%), suínos (-11,08%) e aves (-4,20%).
O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), com peso de 30% no índice geral, avançou 1,19% em fevereiro, após subir 1,48% no mês anterior.
A principal contribuição para esse resultado foi dada pelo grupo Educação, Leitura e Recreação, que acelerou a alta para 2,06%, ante 3,67% em janeiro.
Já INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) registrou alta de 0,52% em fevereiro, após avançar 0,32% no mês anterior.
CONTRAMÃO
Apesar da alta do índice, o valor do aluguel residencial em São Paulo recuou 3,2% nos 12 meses encerrados em janeiro deste ano, de acordo com o Secovi-SP (Sindicato da Habitação). O resultado foi o pior da série histórica, que começou em 2004.
No mês passado, os imóveis de dois dormitórios tiveram a maior redução nos valores de locação, de 0,9%, seguidos pelos imóveis de três dormitórios, que apresentaram uma retração de 0,3%.
Diante desse cenário, quem procura casa ou apartamento para alugar encontra condições favoráveis. Na zona leste, estão concentradas as opções mais baratas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias