Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Senado aprova MP que eleva Imposto de Renda sobre ganho de capital

Loading...

ECONOMIA

Senado aprova MP que eleva Imposto de Renda sobre ganho de capital

MARIANA HAUBERT
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (23) a medida provisória que eleva o Imposto de Renda sobre o ganho de capital. O texto foi aprovado por 56 votos favoráveis e 11 contrários. A proposta segue para sanção presidencial.
O imposto incidirá sobre o lucro que as pessoas têm na venda de bens e direitos, como imóveis, e o texto faz parte do conjunto de propostas que o governo tem lançado para aumentar a arrecadação federal e dar prosseguimento ao plano de recuperar a economia do país. Ele também foi apresentado como uma alternativa a dificuldade de se discutir no Congresso a tributação de grandes fortunas.
A medida, no entanto, foi alterada pela Câmara dos Deputados, no início de fevereiro, que reduziu as alíquotas e a redução foi mantida pelos senadores.
Com isso, fica mantida a alíquota de 15% para lucros de até R$ 5 milhões. Ela sobe para 17,5% para ganho entre R$ 5 milhões e R$ 10 milhões e para 20% para ganhos entre R$ 10 milhões e R$ 30 milhões. Para lucros acima de R$ 30 milhões a alíquota cobrada será de 22,5%.
Inicialmente, o governo havia proposto uma alíquota fixa de 15% sobre esse lucro que subiria progressivamente a partir de ganhos acima de R$ 1 milhão, chegando a uma tributação de 30% para valores que ultrapassassem R$ 20 milhões. Com a mudança, a expectativa de arrecadação do governo, que era de R$ 1,8 bilhão, pode cair até a metade.
Durante a votação, senadores do PT reclamaram das mudanças feitas pela Câmara e parlamentares da oposição criticaram a medida por considerá-la como uma medida paliativa, que não resolve o problema de caixa do governo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias