Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bolsa volta a cair com petróleo; dólar e juros futuros avançam

Loading...

ECONOMIA

Bolsa volta a cair com petróleo; dólar e juros futuros avançam

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após a alta de 4,07% na véspera, o Ibovespa opera volátil nesta terça-feira (23), com a Petrobras seguindo a variação nos preços do petróleo Brent. O dólar volta a subir ante o real com a maior aversão ao risco, assim como os juros futuros.
O principal índice da Bolsa paulista abriu em baixa, subiu e voltou ao terreno negativo. Há pouco, perdia 0,48%, a 43.029,41 pontos.
As ações preferenciais da Petrobras perdiam 1,19%, cotadas a R$ 4,98, e as ordinárias recuavam 1,61%, a R$ 7,30. Os papéis PNA da Vale caíam 3,82%, a R$ 9,03, e os ON se desvalorizavam em 3,80%, a R$ 12,64.
O petróleo Brent chegou a ensaiar uma alta, mas agora há pouco recuava 1,67%, a US$ 34,11 o barril, com preocupações em relação a um aumento de produção no Irã. Havia dúvidas ainda se um possível congelamento da produção mundial aliviará o excesso de oferta global.
Nos EUA, porém, o WTI mantém-se em alta, avançando 3,59%, a US$ 32,61, ainda em meio às expectativas de queda da produção de petróleo não convencional naquele país.
Em Wall Street, os índices abriram em baixa: o Dow Jones perdia 0,49%, o S&P 500 caía 0,32% e o Nasdaq, -0,64%.
As Bolsas europeias caem, com o recuo dos preços das commodities e os balanços decepcionantes de Standard Chartered e BHP Billiton. A Bolsa de Londres perdia 0,31%; Paris (-0,26%); Frankfurt (-0,50%); Madri (-0,33%) e Milão (-0,55%).
As Bolsas chinesas também caíram nesta terça-feira, com os investidores realizando lucros após a alta de 2% da sessão anterior. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,95%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,79%.
O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção das ações do Japão, caiu 0,29%, após subir mais cedo 0,4% e atingir o maior nível desde 8 de janeiro.
DÓLAR
O dólar subia frente ao real nesta terça-feira, refletindo a volatilidade nos preços do petróleo e as incertezas políticas e econômicas no Brasil.
A moeda americana à vista ganhava 0,57%, a R$ 3,9673, e o dólar comercial avançava 0,43%, a R$ 3,9680.
JUROS
Os juros futuros avançavam: o contrato de DI para janeiro de 2017 passava de 14,180% na véspera para 14,230%; o contrato de DI para janeiro de 2021 sai de 15,500% para 15,600%.
Vitor Suzaki, analista da Lerosa Investimentos, destaca que o resultado do IPCA-15 de fevereiro alimentou preocupações sobre se o Banco Central conseguirá manter a taxa básica de juros (Selic) estável diante o avanço da inflação.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

01/03/2017 - 12h27

OBITUÁRIO

APUCARANA 01/03

CÉLIA VAZ MORENO, 56 anos 

MARUMBI 28/02

VALDIR RIVELINI, 58 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48