Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chuva em excesso ‘rouba’ lucro da soja no norte do PR

Loading...

PREJUÍZO

Chuva em excesso ‘rouba’ lucro da soja no norte do PR

Até o momento apenas 2% dos 291 mil hectares de soja foram colhidos na região de Ivaiporã , no Vale do Ivaí - Foto - Ivan Maldonado

O excesso de chuva nos últimos três meses levou embora parte do lucro dos produtores de soja da região norte do Paraná. A previsão do Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado ao escritório regional da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab), é que as perdas com o grão cheguem a 15% até o final da colheita em relação a outras safras com clima normal. Até o momento apenas 2% dos 291 mil hectares de soja foram colhidos na região.

Segundo o engenheiro agrônomo do Deral, Sérgio Carlos Empinotti, apesar da queda de produção e dos prejuízos, a colheita está sendo considerada boa para os produtores. “Nos anos anteriores, a safra foi excepcional, com alguns produtores colhendo até 200 sacas por alqueire, bem acima da média da região que é de 135 sacas. Porém quem colheu 180 sacas na safra passada nesse ano deve colher em média 150 sacas”, completa Empinotti.

Conforme explica Empinotti, vários fatores influenciaram a quebra da produção da cultura. “Em toda a região se vê a erosão no meio das roças. As fortes enxurradas levaram muitas plantas e nutrientes da terra. Além disso, foi muito difícil fazer o manejo adequado da lavoura, pois o solo ficou encharcado durante praticamente todo desenvolvimento da soja, dificultando os trabalhos dos agricultores”.

REPLANTAR
- Empinotti relatada ainda, que em algumas áreas, os produtores precisaram replantar até três vezes, principalmente nas lavouras cultivadas no início de novembro. “A terra estava saturada com água e houve aterramento da semente e não germinação. Para o replantio os produtores tiveram um gasto extra de aproximadamente R$ 8 milhões”, comenta.

COLHEITA - Nessa semana o produtor, Carlos Romero Forner junto com os irmãos iniciou a colheita de 270 alqueires cultivados em Jardim Alegre e Faxinal. “Essa safra foi tudo complicado, nós tivemos que replantar várias áreas. Além disso, o custo de produção subiu muito”. Nas primeiras áreas colhidas pelos irmãos Forner a produção tem sido acima de 150 sacas por alqueire. “Está bom, mas se não fosse a chuvarada seria muito melhor”, completa Forner. Ainda segundo do Deral, no Paraná, a área colhida da soja alcançou nessa semana 17% dos 5,2 milhões de hectares plantados, 44% das lavouras estão em fase de maturação e 40% estão em fase de frutificação.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 01/12

ALZIRA GUERINO, 88 anos
MARCOS ANTÔNIO PEGORER, 52 anos
ARMANDO TOALIARI, 79 anos

APUCARANA 01/12

JESUÍNO JOSE RIBEIRO, 84 anos
CLEMENTE LEITE DA SILVA, 77 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1881 · 30/11/2016

03 10 30 44 53 56