Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dólar cai ao menor valor do ano; Bolsa sobe com bancos e Petrobras

Loading...

CÂMBIO

Dólar cai ao menor valor do ano; Bolsa sobe com bancos e Petrobras

O dólar é referência do mercado financeiro - Foto: Reprodução

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dólar caiu nesta quarta-feira (3) e fechou na menor cotação em mais de um mês, acompanhando o recuo da moeda norte-americana nos mercados globais diante da alta dos preços do petróleo e de dados fracos sobre a economia dos Estados Unidos.
O real, porém, se descolou de outras divisas e se valorizou mais ante o dólar. Trata-se do menor nível de fechamento desde 29 de dezembro do ano passado, quando ficou em R$ 3,876.
O dólar à vista, referência do mercado financeiro, fechou em baixa de 1,86%, a R$ 3,920, já o dólar comercial, utilizado no comércio exterior, se desvalorizou em 1,70%, a R$ 3,920.
Operadores citaram entre os motivos para esse descolamento suspeitas do mercado em relação à venda de R$ 1,6 bilhão em Notas do Tesouro Nacional-Série A na véspera.
As operações chamaram atenção porque NTN-As, títulos atrelados a variação do dólar, já não são mais emitidos pelo Tesouro Nacional,
Circularam no mercado rumores de que teria ocorrido uma operação semelhante nesta quarta-feira, incluindo também uma venda de dólares no mercado futuro relacionada à proteção cambial.
"Cogita-se um título em torno de R$ 1,6 bilhão. Isso não acontece há algum tempo, então já tem investidor vendendo dólar para correr ao título cambial do governo, caso ele lance mais", Reginaldo Galhardo, gerente de câmbio da Treviso Corretora.
Na manhã desta quarta (3), o Banco Central promoveu mais um leilão de rolagem dos swaps que vencem em março, vendendo a oferta total de 11,9 mil contratos. Ao todo, a autoridade monetária já rolou US$ 1,747 bilhão, ou cerca de 17% do lote total, que equivale a US$ 10,118 bilhões.
BOLSA
O principal índice acionário do Brasil fechou em alta nesta quarta-feira (3), influenciado pela valorização das ações do setor financeiro, Vale e Petrobras.
O Ibovespa teve alta de 2,57%, aos 39.588 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6,292 bilhões.
"A recuperação dos preços do petróleo, voltando acima dos US$ 30 ajudou, assim como outras commodities. Tudo isso deu uma espécie de alívio no mercado e fez a Bolsa subir", diz Newton Rosa, economista da SulAmerica Investimentos.
O setor financeiro foi um dos destaques do pregão desta quarta.
As ações do banco Bradesco registraram ganhos após a instituição financeira cancelar um aumento de capital. Os papéis do banco subiram 4,81%, a R$ 18,71.
As ações do Itaú também se recuperaram após se desvalorizarem na última sessão, com alta de 4,12%, a R$ 24,21.
A alta nos preços do petróleo, por um possível acordo entre Opep e Rússia para a diminuição na oferta do produto, influenciaram positivamente as ações da Petrobras.
Os papéis preferenciais da estatal, mais negociados e sem direito a voto, tiveram alta de 4,41%, a R$ 4,49, enquanto as ações ordinárias, com direito a voto, subiram 2,65%, a R$ 6,18.
As ações da Vale também responderam bem a alta dos preços no minério de ferro na China. Os papéis preferenciais subiram 5,69%, a R$ 6,96, enquanto que as ações ordinárias se valorizaram em 4,76%, cotadas a R$ 9,01.
"Além da alta nas commodities, as ações da Vale e Petrobras caíram muito esses dias, abrindo espaço para um ajuste", diz Rosa.
PETRÓLEO
Os contratos futuros do petróleo tiveram forte alta após comentários da Rússia de que está aberta para conversar com a Opep sobre cortes de produção, reavivando esperanças no mercado quanto a uma ação dos maiores produtores para ajudar os preços.
Os preços do petróleo Brent (negociado em Londres) registraram alta de 7,09%, a US$ 35,06, enquanto que o WTI (negociado em NY), teve alta de 8,13%, a US$ 32,33.
JUROS
Os juros futuros voltaram a fecharam voláteis, após fecharem no vermelho na terça-feira (3).
O contrato de DI para janeiro de 2017 teve alta de 14,450% para 14,480%. Já o vencimento para janeiro de 2021 recuou de 15,890% para 15,810%.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 10/12

IZAURA FERREIRA DE ANDRADE, 70 ANOS

ARAPONGAS
CLÁUDIO SILVA, 88 ANOS

IVAIPORÃ
VALDETE CORDEIRO PEREIRA, recém-nascida
MIRIAM PEREIRA DE LIMA, 70 ANOS
CLÓVIS DE ALCÂNTARA BRASIL, 53 ANOS

APUCARANA 09/12

HELENA CORREA DE ANDRADE, recém-nascida

MEGA SENA

CONCURSO 1884 · 10/12/2016

01 04 23 32 38 59