Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Foi um orgasmo nerd, diz engenheiro sobre trabalhar em 'Star Wars'

Loading...

ECONOMIA

Foi um orgasmo nerd, diz engenheiro sobre trabalhar em 'Star Wars'

BRUNO SCATENA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Já passava das 21h desta quarta-feira (27) e o palco principal da Campus Party, encontro tecnológico que vai até o próximo domingo (31) em São Paulo, estava completamente lotado. Não havia cadeiras sobrando e o público se espremia nas laterais e ao fundo do espaço. Microfone na mão, Grant Imahara, ex-integrante do programa "Mythbusters", do Discovery Channel, contava sobre como conseguiu o emprego que muitos dos campuseiros certamente adoraria ter.
"Se você sabe o que é um 'orgasmo nerd', foi isso o que eu tive", disse Imahara. E não falava sobre o programa em que destruía mitos com explosões e máquinas mirabolantes. Ele contava sobre quando soube que iria trabalhar na atualização do robô R2-D2 para a trilogia mais recente de 'Star Wars', dos episódios 1, 2, e 3, certamente não a mais popular a julgar pelas camisetas do público, que preferiu estampas com Darth Vader, Luke Skywalker e Chewbacca.
Nada disso diminuiu os ânimos da plateia, que respondia com o tradicional "grito campuseiro": "ôôôôô!". Nunca faltam cornetas também, a ecoar pelo Pavilhão de Exposições do Anhembi.
Imahara, que disse em coletiva para a imprensa estar trabalhando em um novo programa de TV, não foi sempre da equipe de construção de "Mythbusters", capitaneada pelos carismáticos Adam Savage and Jamie Hyneman. Antes, o engenheiro trabalhou na ILM (Industrial Light and Magic), empresa de efeitos especiais para cinema fundada pelo diretor de "Star Wars", George Lucas. Ali, conta que trabalhou em uma nova versão do "Energizer Bunny", algo como o coelhinho da Duracell no Brasil.
Foram 10 minutos sobre como era preciso alimentar 19 motores responsáveis por fazer o bichinho de pelúcia tocar bateria. "Eu programei a batida do coelhinho. Eles não queriam mais trabalhar com o cara que tinha construído o anterior. Ele disse: 'Tudo bem. Então eu vou levar meus coelhinhos embora", contou. "A empresa ficou sem os coelhinhos."
Acostumados a ver gente como Steve Wozniak, cofundador da Apple, que fechou o encontro em 2011, os campuseiros pareceram não se importar com a falta dos dois protagonistas de "Mythbusters" e acompanhou sem pestanejar a palestra do assistente, até mesmo quando a apresentação adentrou as veredas da auto-ajuda empreendedora: "É preciso escolher um mentor"; "Esteja sempre disponível"; "Medo é parte da equação", pregou Imahara ao público composto majoritariamente por adolescentes e jovens adultos.
"Quando me chamaram para trabalhar temporariamente, por duas semanas, na ILM, fiquei apavorado de abandonar a THX [outra divisão da empresa de George Lucas]", disse Imahara. "Mas uma amiga me disse: 'se eu tivesse a chance de trabalhar em algo tão legal, para que nunca teria outra chance, eu pularia de cabeça'. E então eu pulei."

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41